• Salvem os Ipês de Jundiaí
    Porque além de fazer parte de um belo paisagismo torna nosso ar mais puro e abriga vários ninhos de pássaros. Todos anos quando as árvores florescem são um espetáculo da natureza que a mesma dá para nós.
    317 de 400 Assinaturas
    Criado por Jennifer Coco Picture
  • Utilização da Palmeira Leque para diminuição da perda de biodiversidade do Bioma Mata Atlântica
    Fazer a retirada desta espécie exótica do Bioma é extremamente importante, pois assim as disfunções ecossistemicas que se propiciaram a aquele ambiente irão ser estabelecidas trazendo instabilidade na fauna e flora nativas presentes no Bioma Mata Atlântica. Outro ponto grande importante seria que estas Palmeiras retiradas serão utilizadas no PLASBIO. Esta retirada é muito importante, ja que a segunda maior perda de biodiversidade do planeta é devido a introdução das espécies exóticas em ambientes nativos.
    5 de 100 Assinaturas
    Criado por Vitor Tupinambá Marques
  • lei federal contra o desmatamento 2019/1
    contra a impunidade e corrupção dos exploradores que sempre são os mesmos
    10 de 100 Assinaturas
    Criado por Marcio Santos Picture
  • Bairro do Pinheiro zona vermelha
    Em 2018 tivemos tremores de terra, a população ficou sabendo recentemente do perigo, o estado está afastando o povo de suas residências, foi elaborado um plano de contingência pela defesa Civil. Porém, os verdadeiros motivos do perigo eminente está sendo abafado, o povo está perdendo suas casas e a empresa possivelmente responsável alega não ser culpada e a população está sem estrutura para apurar.
    3.756 de 4.000 Assinaturas
    Criado por Fred Dantas Picture
  • Helpet
    A importância de um projeto como este se baseia na iniciativa de conscientização da população pela causa animal. O primeiro ponto é de dar suporte aos animais que estão expostos nas ruas. Em tempos de calor excessivo e chuvas fortes, esses animais passam por necessidades extremas como sede, queimaduras nas patas, fome, etc. O segundo ponto é como eles fazem para sanar esse tipo de necessidade, como rasgar sacolas plásticas, espalhar lixo, brigar com outros animais por comida, água ou território. Alguns se tornam arredios, mas outros, por sua vez, se tornam agressivos. O terceiro ponto é a conscientização de adoções e de castração. Para não só diminuir a população nas ruas mas para dar um lar aos que já estão por lá.
    35 de 100 Assinaturas
    Criado por Jéssica Monteiro Alves
  • Colabore com a limpeza de nossas praias. Nossos rios. Agua fonte da vida.
    Uma politica consistente universal nesse quesito, é uma grande prioridade. Existem programas em prol as questões ambiêntais, mas mesmo assim isso não é a solução do problema. Alguns Países do escalão dos Paises mais desenvolvido parece levar bem a serio esse importante objetivo. E colhem o importante resultado. Mas enquanto projetos dessa natureza não se tornarem léis a ser rigorosamente a ser cumprida a risca. Temos que cultivar o bom senso, fazer trabalhos assim, pra despertar as pessoas dessa importante finalidade. Esse essêncial compromisso para com a vida. Por tanto torne mais um elo consistente dessa corrente em prol do bem maior. O nosso importante bem estar começa,toma a exata forma e transforma o sonho, quando nos colocamos a ser mais solidarios as questões mais essênciais do nosso cotidiano. Assim o sonho transforma numa consistente verdade. E conseguimos atingir a pureza da sensibilidade dos bons olhos e despertarmos para a beleza da vida em cada minimo detalhe. Obrigado irmão ! Assine e expalhe ao mundo essa mensagem. Não negue seu sincero sorrizo pra vida. Assim se sentirá mais em sintonia com sua propria consiência.
    4 de 100 Assinaturas
    Criado por João Valério Jacinto Picture
  • Lixão Aqui Não!
    Isso é importante ima vez que que a localização do mesmo fica em área de preservação ambiental, próximo as nascentes que abastecem com água nossa população.
    860 de 1.000 Assinaturas
    Criado por ONG TRANSPARÊNCIA E ACOMPANHAMENTO EM TEMPO REAL
  • Justiça para Nina a gata morta a pauladas em parati
    Importante para darmos exemplo que existe Lei e Justiça. Matar animal é crime!
    3.274 de 4.000 Assinaturas
    Criado por Cristina Amaral Picture
  • Conservação do Rio Pomba
    Porque o rio está morrendo e com ele nosso ecossistema, nossas vidas...
    176 de 200 Assinaturas
    Criado por Eliziel Ferreira
  • Praia do cassino sem lama!!!!
    Embora se reconheça a importância da dragagem para o bom funcionamento do porto, seri importante que essa não gerasse um impacto ambiental na praia prejudicando a orla, matando animais, impactando no turismo e comércio da região.
    968 de 1.000 Assinaturas
    Criado por Pingo Ferreira Picture
  • UK deve proibir animais selvagens em circos
    Como os animais são dotados de emoções, sentem medo e dor. Eles tecem laços sociais fortes e como desejamos apenas viver livres. Portanto, nos opomos fortemente à exploração e ao sofrimento dos animais para o nosso "entretenimento". E peço-lhe para pôr em prática a proibição de circos com animais nas nossas comunas. Durante o período de entressafra, os animais ficam em caixas de transporte, estábulos ou mesmo em caminhões ou reboques. Poucos circos têm meios ou vontade de investir em abrigos adaptados que servirão apenas alguns meses por ano. Este confinamento tem consequências físicas e psicológicas devastadoras. Um estudo americano revela que os elefantes em cativeiro passam cerca de um quarto de seu dia balançando a cabeça ou balançando compulsivamente, enquanto os ursos vagam pelas gaiolas para frente e para trás. Os animais usados ​​pelos circos são constantemente transportados de uma representação para outra em um ambiente onde suas necessidades mais básicas não podem ser atendidas. Mais de 90% do tempo, eles são presos em vagões de gado, ou recintos temporários, e podem ser espancados e punidos como parte de métodos de treinamento desumanos. Isto não é um entretenimento. Animais em circos são privados de tudo o que é natural e importante para eles. Seu equilíbrio mental é quebrado e eles estão isolados, acorrentados, sozinhos, degradados e ociosos. Comportamentos como ritmo, barras cortantes, circulando e automutilação são comuns em animais de demonstração. Atualmente, reconhece-se que esse comportamento neurótico é causado pelo cativeiro e por um estilo de vida artificial. Todos os animais mantidos em circos têm necessidades específicas. Alguns, como os leões, precisam de um clima quente; outras, como os ursos, têm um clima mais fresco. Todos precisam de espaço, atividades, conexões sociais, água e comida em quantidade suficiente. Nos circos, eles não têm nada disso. Eles estão trancados em gaiolas de transporte ou canetas estreitas das quais só saem para fazer o seu número. Porque os animais não andam naturalmente de bicicleta, não ficam de cabeça, não balançam em balões ou não pulam através de aros de fogo, treinadores usam chicotes, colares apertados, focinho, bastões elétricos, varas de pique ("touro") e outras ferramentas dolorosas para forçá-los a realizar seu show. O castigo físico tem sido o método padrão de treinamento para animais em circos. Animais em cativeiro são conhecidos por "crack" sob pressão. Houve dezenas de mortes e ferimentos humanos documentados atribuíveis a animais mantidos em circos ou outros ambientes cativos.  Em seus lugares, preferimos não preferir viver LIVRE com os riscos que isso acarreta, mas aproveitar a nossa liberdade, cercada pela nossa ou então viver uma vida de solidão em uma jaula, percorrendo quilômetros e quilômetros em caminhões, para executar truques. para a boa vontade dos treinadores, estar sujeito às suas vontades e fazer truques contra a natureza, como sentar em suas nádegas para um elefante que pode causar graves lesões internas. Não é melhor encorajar programas de conservação de espécies nos países de origem desses animais e mostrar relatórios muito bonitos para crianças e adultos que desejam descobrir esses animais em seu ambiente natural? Longe de ser apenas um debate social, a presença de animais em circos também torna as cidades responsáveis ​​por sua obrigação de fazer cumprir a legislação vigente. Além disso, gostaríamos de lembrar que os estudos científicos concordam que a detenção em circos é contrária às necessidades fisiológicas dos animais selvagens.
    23 de 100 Assinaturas
    Criado por Slava Digriz Picture
  • OS PÁSSAROS PEDEM SOCORRO
    Estão construindo prédios de 10 andares na Av. João Pessoa em frente ao Parque. Isto está interferindo na circulação dos pássaros na região. No local existem muitas casas com pátios onde tem muitas árvores (araçá, pitanga, coquinho, abacate, ameixa, laranja, entre outras nativas e exóticas: são mais de 30 árvores) que servem de alimento e abrigo para pássaros (sabiá laranjeira, sanhaçu azul, sanhaço laranja, periquitos, papagaios, cambacicas, pardal, pomba rola, pica pau amarelo, várias espécies de beija flor, gavião, sabiá una), insetos, morcegos. Já esta sendo construído uma prédio em local onde foram derrubadas várias árvores, entre elas uma araucária de mais de 50 anos que era local de nidificação de bem-te-vis e rabos-de-palha. Pássaros que não são mais vistos na região. Já foram derrubadas 11 árvores sendo que a compensação ambiental seria plantar 3 mudas no local em janeiro de 2018 e que não foram plantadas até agora. Além disto, a construção de prédios altos vai dificultar a circulação de ar na região e influenciar na qualidade de vida das pessoas que ali habitam. Ainda, a construção de mais prédios vai aumentar o afluxo de carros e pessoas na região dificultando a mobilidade sendo que hoje já temos congestionamentos na av. João Pessoa e arredores. O parque é uma importante área verde próxima ao centro da capital contribuindo para a circulação do ar e consequente diminuição da poluição mas isto será modificado com a construção de prédios altos na região.
    78 de 100 Assinaturas
    Criado por Suzana Nietiedt
← Anterior 1 3 4 5 6 7 8 9 16 17