• PELO FIM DOS CANUDOS PLÁSTICOS NÃO BIODEGRADÁVEIS EM PALMARES-PE
    O canudo de plástico representa 4% de todo o lixo do mundo, e por ser feito de polipropileno e poliestireno (plástico), não é biodegradável, podendo levar até mil anos para se decompor no meio ambiente. O plástico também é fonte de formação de Microplastico, o formato mais prejudicial do plástico, que já está presente nos alimentos, no sal, nos organismos e até BA água potável do mundo inteiro. Também é o maior causador de danos e mortes em animais marinhos. Estima-se que 90% das espécies marinhas tenham ingerido produtos de plástico em algum momento. Esses dados não vão diminuir de uma hora pra outra. Precisamos tomar medidas e estabelecer metas que acabem com esses danos.
    17 de 100 Assinaturas
    Criado por Wildally Souza Picture
  • ARBORIZAÇÃO PÇA JOÃO ROCHA MACHADO - UIBAÍ
    Plantas exóticas não-nativas, como as palmeiras, podem agir como intrusas afetando o equilíbrio do ecossistema, utilizando demasiados recursos hídricos, além de não promoverem a sombra necessária para a população que circula na área citada. Cultivar espécies arbóreas próprias do bioma Caatinga tem grande importância ecológica e ajuda a promover a valorização da flora local. ASSINE ESSA PETIÇÃO, COMPARTILHE, APOIE A INICIATIVA para que possamos gerar mudanças significativas e preservar nosso pé de serra! Para saber mais, SIGA O @movimentomenosum !
    584 de 600 Assinaturas
    Criado por Ruth Hiorrane Reis
  • Represa de Rifaina Poluída - Não vamos deixar
    Eu e um grande número de rancheiros, mergulhadores, frequentadores e moradores da Rifaina nos reunimos virtualmente por meio de um grupo de WhatsApp, e viemos pedir o vosso apoio para impedir a destruição da represa de Jaguara e consequentemente do turismo e da cidade de Rifaina. Veja as fotos em: https://photos.app.goo.gl/6watgVEe1Ak3KGpv9
    1.452 de 2.000 Assinaturas
    Criado por NETO BOZELLI
  • Prédio público descartando esgoto irregular
    Como a água é um recurso que está a beira do fim,é um absurdo o próprio Estado negligênciar a maneira correta para preserva-la
    3 de 100 Assinaturas
    Criado por Andre Reis
  • SALVE LAGO TUCURUÍ
    A mineração na Área de Preservação Ambiental Lago de Tucuruí afeta diretamente 7 municípios - Tucuruí, Breu Branco, Goianésia do Pará, Jacundá, Nova Repartimento e Itupiranga, envolvendo comunidades tradicionais (indígenas, ribeirinhas, etc.). Além de afetar diretamente a flora e a fauna amazônica presente neste ambiente e a contaminação de corpos hídricos. É importante manter a preservação da APA, caso o PL270/2019 seja aprovado, trará impactos tanto socioambientais quanto econômicos.
    59 de 100 Assinaturas
    Criado por APA Lago Tucuruí
  • Diga não ao Desmatamento em Mussurunga II
    A mata e os animais estão sendo dizimados. Os moradores gritam por Socorro! Pedem a tomada de providências das autoridades.
    1.157 de 2.000 Assinaturas
    Criado por Abprev Brasil
  • Recicle a alma !!!
    Por todos os pontos que pontuei acima, mas sobretudo por seu caráter extremamente urgencial.
    6 de 100 Assinaturas
    Criado por Charlles Dias Carvalho
  • Demarcação de Área de Surf na Praia de Santa Terezinha Imbé/RS
    O objetivo desse abaixo-assinado é mobilizar o Município responsável pelo balneário da praia de Santa Terezinha do Litoral Norte na delimitação de área de surf entre guarita 112 a 116, bem como área de lazer e limitação de esportes aquáticos.
    227 de 300 Assinaturas
    Criado por Moisés Oliveira Forgearini
  • DEGRADAÇÃO DO ARROIO BARNABÉ
    O arroio Barnabé se localiza no Município de Gravataí. O município de Gravataí apresenta um relevo inclinado em direção ao leito do rio Gravataí, escoamento significativos até as áreas mais planas, formadoras da planície de inundação natural. A sub-bacia hidrográfica do arroio Barnabé compõe a margem direita do baixo trecho da Bacia Hidrográfica do Rio Gravataí Essa Bacia, que possui uma área aproximadamente de 2. 020 km². Integra os municípios de Santo Antônio da Patrulha, Glorinha, Gravataí, Cachoeirinha, Canoas, Porto Alegre, Alvorada e Viamão, apresentando relevante importância social, econômica, cultural, e ambiental no Estado. O rio Gravataí é um rio de planície, cujas cotas altimétricas não são superiores a 20 m. Apresenta grande variabilidade, tanto na largura, entre 8 e 20m, quanto na profundidade, tem baixa velocidade de fluxo, pouca capacidade de diluição dos poluentes e baixa depuração das cargas poluidoras.
    3 de 100 Assinaturas
    Criado por Oliveira Ferragens
  • DIGA NÃO AOS PRÉDIOS DE 7 ANDARES NA ILHA COMPRIDA (ÁREA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL)
    Garantir a participação da população e dos aspectos legais na construção do planejamento urbano do município e garantir a preservação de um importante ecossistema e toda sua biodiversidade.
    4.099 de 5.000 Assinaturas
    Criado por Rogerio Revitti
  • São Thomé, Sobradinho: Pare o agrotóxico
    Em Sobradinho desde que chegaram as primeiras plantações de batata há dois anos tivemos uma perda notável na fauna. Primeiro sumiram os sapos e agora as cobras. Se essa exploração desenfreada do solo não cessar, os animais e também as comunidades sofrerão consequências graves. Se você visitar São Thomé e for rumo Sobradinho, após passar o portal verá as duas montanhas que abraçam a estrada devastada pelo que digo.
    204 de 300 Assinaturas
    Criado por Rafael V Picture
  • Bitucas poluem e matam: Pressione os fabricantes e governos para ações urgentes!
    Precisamos cobrar ações diretamente dos governantes e dos grandes fabricantes de cigarro pela crescente preocupação com o meio ambiente por todo o mundo, visando especialmente o Brasil com as questões das crescentes queimadas e mudanças climáticas, pelas espécies e ecossistemas em risco de extinção, afinal, as bitucas de cigarros são um dos maiores poluentes mundiais e responsáveis por contaminação das águas, precipitação de incêndios nas florestas e tão pior, pela morte e extinção de espécies de aves e animais marinhos.
    8 de 100 Assinaturas
    Criado por Carla Gomes