• Salve O Rio Jequitinhonha em Salto da Divisa-MG
    Pois assim estaríamos recuperando um ecossistema inteiro. Antes da barragem o Rio Jequitinhonha era tão lindo que até pessoas de outros países vinham o visitar, durante seu enchimento milhares de animais morreram e uma mata inteira foi afundada nas águas da destruição. Se os governantes tomassem as medidas necessárias teríamos um oasis como antes em Minas Gerais veríamos espécies que desapareceram da natureza que aqui existiam em abundância como o pássaro Catatau e o Tamanduá Bandeira, teríamos também nossa Mata Atlântica de volta e os pescadores e as lavadeiras teriam seu sustento de cada dia. POR FAVOR OLHEM PARA ESSA REGIÃO QUE SEMPRE FOI TÃO ESQUECIDA PELO PAÍS MAS QUE AGORA QUER TER SUA VOZ OUVIDA! ASSINE ESSA CAMPANHA, AJUDE O VELHO JEQUI!
    50 de 100 Assinaturas
    Criado por Salto da Divisa
  • Salvação da lagoa de Itaipu - Niterói - Rj
    Divulgação da PRINCIPAL petição! https://secure.avaaz.org/po/petition/Rodrigo_Neves_Prefeito_de_Niteroi_Pela_protecao_do_entorno_da_Lagoa_de_Itaipu_e_areas_adjacentes/edit/ Durante séculos, a lagoa de Itaipu (Região Oceânica de Niterói ‐ RJ) apresentava um ciclo natural de cheia e vazante. Na cheia, sua superfície chegava a 350 hectares (350 campos de futebol), quando o nível da água atingia 1,6 m acima do nível do mar. Na vazante, a lagoa tinha 150 hectares. O esvaziamento da lagoa era feito pelos pescadores, que escavavam um canal na faixa de areia entre a lagoa e o mar. Em 1979, uma construtora abriu o canal de Itaipu ligando‐a permanentemente ao mar. Com isso, a lagoa nunca mais encheu, permanecendo vazia o ano inteiro. O QUE VEM A SEGUIR CONFIGURA UM GOLPE. O espaço que era o leito da lagoa quando cheia é obviamente terra pública. Mas ele foi completamente dividido em lotes que foram em parte comercializados. Muitas pessoas incautas construíram suas casas dentre de brejos e sofrem com enchentes regulares. Para reverter os danos do golpe e retomar as terras públicas que possuem inestimável importância ambiental, cênica, cultural, social e pré‐histórica, em 2008 o Governo decretou a anexação das mesmas ao Parque Estadual da Serra da Tiririca, cumprindo uma decisão judicial e os anseios populares. Para reforçar a proteção, em 2010 baixou o Decreto nº 42.355 de 16 de Março de 2010 fixando o perímetro da Área de Preservação Permanente (APP) no entorno da Lagoa de Itaipu, chamando‐a de Faixa Marginal de Proteção (FMP). O decreto de 2008 foi questionado na justiça e aguarda decisão final do plenário do STF. O segundo foi validado por decisão recente do Tribunal de Justiça, não cabendo contestação. As empresas pretendem finalizar o golpe iniciado em 1979, retirando terras do Parque Estadual da Serra da Tiririca para construir 210 prédios destinados a 28 mil moradores. Valem‐se de um emaranhado de títulos de propriedade suspeitos, de ações governamentais e jurídicas duvidosas, de decisões judiciais equivocadas e de um solene desrespeito a diversos outros instrumentos legais de proteção do local. PETIÇÃO PRINCIPAL : (meta 5 mil assinaturas ) https://secure.avaaz.org/po/petition/Rodrigo_Neves_Prefeito_de_Niteroi_Pela_protecao_do_entorno_da_Lagoa_de_Itaipu_e_areas_adjacentes/edit/
    56 de 100 Assinaturas
    Criado por Pedro Lima
  • Não as pedreiras e portos de areia em Caçapava
    Evitará a destruição de mananciais de água, matas, áreas verdes....
    23 de 100 Assinaturas
    Criado por Carlos Roberto Ventura
  • Miaba Viva
    A Miaba é um lugar único e o ser humano vai acabar destruindo ela se as coisas continuarem como estão.
    9 de 100 Assinaturas
    Criado por Carolina Cunha Picture
  • Lugar de Lixo é no Lixo
    Esse projeto de lei é importante para preservar o meio-ambiente, melhorar a nossa qualidade de vida e estimular uma postura séria, responsável, de amor com o próximo e de cuidado com a vida, entre aqueles que não entenderam a importância de jogar lixo no lixo. O simples ato de reter consigo o próprio lixo ou procurar por um lugar onde tenha um cesto de lixo para descartá-lo, causa uma reação em cadeia que melhora todo o eco-sistema e a economia. Evolui a vida. Se quisermos viver bem, num ambiente agradável, sem enchentes, sem toxinas, sem poluição, de forma saudável, precisamos contribuir para isso, jogando lixo no lixo. Chega de garrafas nas gramas dos parques, de bitucas de cigarro nas calçadas, de panfletos de campanhas políticas em jardins diante muros de casas residenciais. Chega de boeiros entupidos, de carrinhos de hot-dog e bancas de pastel rodeados de papéis, canudos e copos. Chega de chicletes nos ônibus, balas nos estofados das cadeiras dos cinemas, de pipocas espalhadas pelo chão. Chega de desleixo e de não lutar pela civilização.
    33 de 100 Assinaturas
    Criado por Beatriz Gimenes
  • Salve o Ribeirão Bocaina e Boa vista!
    Os Ribeirão Bocaina e Ribeirão Boa Vista são fontes de água para a nossa cidade. Não podemos deixar os ribeirões secarem.
    441 de 500 Assinaturas
    Criado por adson martins de brito brito Picture
  • Salvem o Parque Mico Leão Dourado
    Área de Restinga e floresta amazônica com animais como Mico Leão Dourado e Preguiças estão sendo expulsos de suas áreas, estão sendo assassinados, precisamos preservar o parque e evitar que exploradores.de mineração e grileiros.tenham acesso a essas terras. Que inclusive fazem parte de Icmbio. Não é mais Aceitável que continuemos assim, vendo nossa Cidade ser Destruída, pela Ganância Imoral, não é aceitável que os Animais que devo ressaltar o Mico Leão Dourado que está em Ameaça de Extinção, se percam porque o Ser Humano não está nem aí para o Futuro. Pedimos Ajuda, Tamoios pede Socorro!!!!
    87 de 100 Assinaturas
    Criado por Alex Lino Do Mqv Picture
  • Recicla Alumínio empresa Poluidora
    Para preservar a saúde, a fauna e a flora, isso é prejudicial. sofremos com isso a 17 anos !!!!
    24 de 100 Assinaturas
    Criado por Josue Pedroso
  • Contra a venda da Amazônia
    "O fim da reserva de 46.000 Km², área praticamente inexplorada da floresta amazônica, foi anunciado na última quarta-feira (23), pelo presidente Michel Temer. A notícia teve impacto mundial e gerou revolta em ambientalistas e celebridades. Apesar do choque para a população, os empresários canadenses, que têm interesse em investir na região, já sabiam dos planos do Governo há meses. De acordo com a BBC, o próprio ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, teria aproveitado um evento para empresários em Toronto, no Canada, para 'espalhar' a informação. Além da preocupação com o desmatamento, especialistas estão em alerta para a situação de duas reservas indígenas que ficam dentro da área."
    103 de 200 Assinaturas
    Criado por Marco Antônio de Paula Dias Junior Paula Dias
  • NÃO à exploração da Amazônia! #protejaRENCA
    Vamos nos unir pela nossa Amazônia! Não consigo acreditar em tamanha regressão e falta de respeito com a nossa natureza! Se há alguns anos, celebrávamos a diminuição do desmatamento na Amazônia, hoje estamos preocupados com o futuro da floresta. Ontem foi aprovado um decreto que extingue uma reserva ambiental na Amazônia. Especialistas em meio ambiente são unânimes em afirmar que a medida causará um impacto negativo na região. Segundo eles, o desmatamento vai ser mais intenso, haverá mais queimadas e mais poluição nos rios, tribos indígenas podem ter suas integridades ameaçadas, além de ter conflitos por terras. Precisamos defender a nossa Amazônia! ISSO NÃO PODE ACONTECER!!! Não podemos deixar que a Amazônia fique desprotegida para satisfazer a interesses políticos ou econômicos. Não posso acreditar que regredir seja uma opção! Vamos lutar pela nossa AMAZÔNIA! A Renca é o exemplo de como vamos lidar com nossas florestas no futuro, ajude a escrever uma história que nos orgulhe. #todospelaamazonia #AAmazôniaÉDoBrasil #todospelaamazônia #foratemer #desrespeito #regressao #ondevamosparar" @gio_ewbank #desmatamentozero #juntossomosfortes
    124 de 200 Assinaturas
    Criado por Fernanda Charbel Picture
  • Diga NÃO ao corte de árvores em Lajeado/RS
    É importante deixar as árvores em pé e plantar cada vez mais. Pela questão do clima, do ar, da saúde e por uma melhor qualidade de vida.
    171 de 200 Assinaturas
    Criado por Luana L. Nunes
  • Horto Florestal da FZB Preservado Sempre
    Brizola quando Governador na decada de 50 criou o Horto Florestal e Parque Zoológico para as futuras gerações do RS em detrimento das de forças contrárias os empresários de grandes empresas da época. Aqui o manifesto do Biólogo: Por Renato Petry Leal – biólogo Ainda não se viu retrocesso na manobra deletéria intentada contra o patrimônio natural da região tendo como alvo o Horto Florestal ou Reserva Florestal Balduíno Rambo. Vergonha. Não ter capacidade ou intencionalidade para o uso adequado do bem comum não significa poder destruir o patrimônio de presentes e futuras gerações. Arquiteta-se o maior crime ambiental da atualidade em nossa região. As mortandades de peixes no Rio dos Sinos, que tanta comoção causaram, são muito pouco se comparadas ao desmembramento e transformação de algo que não oferecerá condições de recuperação. Por menos que se prometa destruir agora, sabe-se, com certeza, que este seria o pontapé inicial para a deterioração da área. Existem grupos que se consideram ilhas no universo humano. Não o são! São apenas pequena parcela do todo muito maior e mais importante. Nesse sentido, em 1979, na Campanha da Fraternidade, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil desenvolveu o tema Preserve o que é de todos. Trata-se de superar o egoísmo, a ganância de possuir mais a qualquer preço. Trata-se de ser escrupulosamente preocupado em preservar e conservar o ar, a água, a flora e a fauna que são elementos necessários ao próximo. Trata-se de readquirir o carinhoso respeito e a contemplativa admiração face às belezas da natureza. É exatamente o que devemos fazer pois a reserva pertence a todos. Os nomes de Henrique Roessler e Balduíno Rambo são frequentemente utilizados por pessoas que não acreditam neles, que estão se lixando para os seus ensinamentos. Querem somente se promover à custa de seu prestígio, este sim merecido. Está na hora dessas pessoas que só querem promoção pararem de utilizar seus nomes. Na faculdade tive um professor de botânica, Pe. Aluísio Sehnen, do qual me considerei amigo, pessoa de alta moral, bondade, cultura e inteligência, jesuíta de escola, respeitadíssimo em seu meio. Companheiro de Balduíno Rambo em várias de suas andanças pelo estado, herdeiro de seu herbário e do seu famoso jipe. Mesmo após eu me formar conversávamos sobre variados assuntos, entre esses, o Horto Florestal. Explicou-me sua importância e a necessidade de preservá-lo incólume. Era defensor ainda da preservação da mata do Daniel, na Sharlau e do matinho do Padre Réus, último reduto de mata original no centro de São Leopoldo. Muito lutei, assim como os outros, por sua manutenção, que veio a ocorrer graças à cultura e inteligência de Telmo Lauro Müller e Nelson Moelecke que abdicaram da construção do Museu Histórico naquele local. Depois disso tudo eu fico pensando, será que não se fazem mais homens como antigamente? Prevalecerá o bom senso ou o descaso egoísta?
    43 de 100 Assinaturas
    Criado por Miriam Colombo