• Contra a venda da Amazônia
    "O fim da reserva de 46.000 Km², área praticamente inexplorada da floresta amazônica, foi anunciado na última quarta-feira (23), pelo presidente Michel Temer. A notícia teve impacto mundial e gerou revolta em ambientalistas e celebridades. Apesar do choque para a população, os empresários canadenses, que têm interesse em investir na região, já sabiam dos planos do Governo há meses. De acordo com a BBC, o próprio ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, teria aproveitado um evento para empresários em Toronto, no Canada, para 'espalhar' a informação. Além da preocupação com o desmatamento, especialistas estão em alerta para a situação de duas reservas indígenas que ficam dentro da área."
    94 de 100 Assinaturas
    Criado por Marco Antônio de Paula Dias Junior Paula Dias
  • NÃO à exploração da Amazônia! #protejaRENCA
    Vamos nos unir pela nossa Amazônia! Não consigo acreditar em tamanha regressão e falta de respeito com a nossa natureza! Se há alguns anos, celebrávamos a diminuição do desmatamento na Amazônia, hoje estamos preocupados com o futuro da floresta. Ontem foi aprovado um decreto que extingue uma reserva ambiental na Amazônia. Especialistas em meio ambiente são unânimes em afirmar que a medida causará um impacto negativo na região. Segundo eles, o desmatamento vai ser mais intenso, haverá mais queimadas e mais poluição nos rios, tribos indígenas podem ter suas integridades ameaçadas, além de ter conflitos por terras. Precisamos defender a nossa Amazônia! ISSO NÃO PODE ACONTECER!!! Não podemos deixar que a Amazônia fique desprotegida para satisfazer a interesses políticos ou econômicos. Não posso acreditar que regredir seja uma opção! Vamos lutar pela nossa AMAZÔNIA! A Renca é o exemplo de como vamos lidar com nossas florestas no futuro, ajude a escrever uma história que nos orgulhe. #todospelaamazonia #AAmazôniaÉDoBrasil #todospelaamazônia #foratemer #desrespeito #regressao #ondevamosparar" @gio_ewbank #desmatamentozero #juntossomosfortes
    124 de 200 Assinaturas
    Criado por Fernanda Charbel Picture
  • Diga NÃO ao corte de árvores em Lajeado/RS
    É importante deixar as árvores em pé e plantar cada vez mais. Pela questão do clima, do ar, da saúde e por uma melhor qualidade de vida.
    171 de 200 Assinaturas
    Criado por Luana L. Nunes
  • Horto Florestal da FZB Preservado Sempre
    Brizola quando Governador na decada de 50 criou o Horto Florestal e Parque Zoológico para as futuras gerações do RS em detrimento das de forças contrárias os empresários de grandes empresas da época. Aqui o manifesto do Biólogo: Por Renato Petry Leal – biólogo Ainda não se viu retrocesso na manobra deletéria intentada contra o patrimônio natural da região tendo como alvo o Horto Florestal ou Reserva Florestal Balduíno Rambo. Vergonha. Não ter capacidade ou intencionalidade para o uso adequado do bem comum não significa poder destruir o patrimônio de presentes e futuras gerações. Arquiteta-se o maior crime ambiental da atualidade em nossa região. As mortandades de peixes no Rio dos Sinos, que tanta comoção causaram, são muito pouco se comparadas ao desmembramento e transformação de algo que não oferecerá condições de recuperação. Por menos que se prometa destruir agora, sabe-se, com certeza, que este seria o pontapé inicial para a deterioração da área. Existem grupos que se consideram ilhas no universo humano. Não o são! São apenas pequena parcela do todo muito maior e mais importante. Nesse sentido, em 1979, na Campanha da Fraternidade, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil desenvolveu o tema Preserve o que é de todos. Trata-se de superar o egoísmo, a ganância de possuir mais a qualquer preço. Trata-se de ser escrupulosamente preocupado em preservar e conservar o ar, a água, a flora e a fauna que são elementos necessários ao próximo. Trata-se de readquirir o carinhoso respeito e a contemplativa admiração face às belezas da natureza. É exatamente o que devemos fazer pois a reserva pertence a todos. Os nomes de Henrique Roessler e Balduíno Rambo são frequentemente utilizados por pessoas que não acreditam neles, que estão se lixando para os seus ensinamentos. Querem somente se promover à custa de seu prestígio, este sim merecido. Está na hora dessas pessoas que só querem promoção pararem de utilizar seus nomes. Na faculdade tive um professor de botânica, Pe. Aluísio Sehnen, do qual me considerei amigo, pessoa de alta moral, bondade, cultura e inteligência, jesuíta de escola, respeitadíssimo em seu meio. Companheiro de Balduíno Rambo em várias de suas andanças pelo estado, herdeiro de seu herbário e do seu famoso jipe. Mesmo após eu me formar conversávamos sobre variados assuntos, entre esses, o Horto Florestal. Explicou-me sua importância e a necessidade de preservá-lo incólume. Era defensor ainda da preservação da mata do Daniel, na Sharlau e do matinho do Padre Réus, último reduto de mata original no centro de São Leopoldo. Muito lutei, assim como os outros, por sua manutenção, que veio a ocorrer graças à cultura e inteligência de Telmo Lauro Müller e Nelson Moelecke que abdicaram da construção do Museu Histórico naquele local. Depois disso tudo eu fico pensando, será que não se fazem mais homens como antigamente? Prevalecerá o bom senso ou o descaso egoísta?
    43 de 100 Assinaturas
    Criado por Miriam Colombo
  • Termelétrica em Peruíbe Não!
    O projeto da construção da usina termelétrica em Peruíbe está avançando rapidamente, sem levar em conta a opinião dos moradores da cidade e do entorno. O empreendimento de R$ 5 bilhões da Gastrading Comercializadora de Energia S.A prevê não só a instalação da usina, mas também de um porto, onde navios importariam gás através de um gasoduto que passaria pelo mar. Especialistas já afirmaram que os estudos apresentados pela empresa omitem vários riscos à saúde da população e a degradação do meio ambiente. Aumento da poluição e da incidência de câncer, ocorrência de chuva ácida e empobrecimento do solo são alguns dos impactos que podem ameaçar também a Estação Ecológica da Juréia, prejudicando diversas espécies da fauna. O projeto irá alterar também a infraestrutura local e afetar o turismo, pois nossa cidade deixará de ser ecológica para se tornar industrial, com um empreendimento nada sustentável que vai buscar mão de obra com treinamentos e certificações específicas em outras regiões. Não podemos deixar que o interesse econômico e político de alguns prevaleça sobre a qualidade ambiental de Peruíbe e cidades vizinhas e o bem-estar da população. Mais informações: Reportagem da CBN: http://cbn.globoradio.globo.com/editorias/meio-ambiente/2017/08/14/MPF-INVESTIGA-LICENCA-AMBIENTAL-DE-TERMELETRICA-PROXIMA-A-ESTACAO-ECOLOGICA-EM-SP.htm Reportagem TV Tribuna: http://g1.globo.com/sp/santos-regiao/noticia/mpf-instaura-inquerito-para-fiscalizar-termoeletrica-em-peruibe.ghtml Protesto da população: https://redesustentabilidade.org.br/2017/03/29/populacao-de-peruibe-protesta-contra-implantacao-de-usina-termeletrica/
    1.963 de 2.000 Assinaturas
    Criado por Luis Arantes
  • Salve a APA do Banhado Grande de Glorinha/RS
    A construção de um aterro no Banhado Grande pode trazer diversos danos para a região, como a contaminação das vertentes e dos cursos d'água, aumento do tráfego de veículos pesados dentro da cidade, congestionamentos, aumento de pessoas mudando para a cidade e os possíveis acidentes ambientais que o transporte de tanto lixo pode causar. Isso irá modificar a beleza e a calma da cidade de Glorinha e sua região. Não queremos o aterro aqui!
    1.642 de 2.000 Assinaturas
    Criado por Clesi Bastos
  • USINA EM PERUÍBE, NÃO!
    Sempre se falou em sustentabilidade, cuidar da natureza para não acabar com o pouco que resta de nossa natureza... ensinar nossos filhos a preservação e saber respeitar o que a natureza nos proporciona. Qualidade de vida, para também poupar os órgãos públicos de gastos com saúde... proteger nossos filhos, netos, bisnetos de doenças graves. Há outras formas de conseguir renda para a cidade e os governantes tem consciência disso, que podemos trazer mais turismo para a cidade, pois somos um balneário turístico e não queremos ter ar poluído, águas poluídas, animais em extinção, chuva ácida e terras contaminadas. Leiam mais em: https://secure.avaaz.org/po/petition/Ministerio_Publico_EstadualSP_e_Prefeitura_Municipal_de_Peruibe_Cancelem_o_licenciamento_e_projeto_de_Usina_Termeletrica/?fxNmzfb&pv=30&utm_source=sharetools&utm_medium=facebook&utm_campaign=petition-414535-Ministerio_Publico_EstadualSP_e_Prefeitura_Municipal_de_Peruibe_Cancelem_o_licenciamento_e_projeto_de_Usina_Termeletrica&utm_term=xNmzfb%2Bpo
    36 de 100 Assinaturas
    Criado por Marly Maiotto
  • Não vamos deixar acabar com o Lagamar do Rio Cauípe
    Vamos manter a natureza preservada e não prejudicar o povo que nasceu e vive nessa região. Não podemos deixar que o capitalismo e o ganho das indústrias sejam colocados em prioridade.
    791 de 800 Assinaturas
    Criado por Paulo Rubens França Picture
  • SOS Cocó
    Contra o extermínio das Dunas do Cocó - Abaixo à LUOS! Ato de repúdio realizado neste sábado (12/8) pelo movimento ambientalista de Fortaleza, para protestar contra a nova Lei de Uso e Ocupação do Solo (LUOS) do município, que revogou a lei que criou a Área de Relevante Interesse Ecológico (ARIE) das Dunas do Cocó, de autoria do ex-vereador João Alfredo. O prefeito Roberto Cláudio sancionou, a jato, o projeto aprovado na Câmara Municipal por vereadores a serviço da especulação imobiliária. O objetivo da revogação desta importante lei que protege as dunas do Cocó é entregar as milenares dunas parabólicas para as construtoras transformarem tudo em prédios. Com isso, todas as espécies de fauna e flora, que já se encontram ameaçadas, correm o risco de serem exterminadas. O Ecossistema do Parque do Cocó é completamente interdependente. Logo, acabando com as Dunas milenares, o parque todo estará comprometido. #SOSCocó #ContraoextermíniodasDunasdoCocó #CaiForaSinduscon #InvestigaMP #Luospraque #Fortalezapraquem
    23 de 100 Assinaturas
    Criado por Jessica Costa Picture
  • Parem o corte de árvores na Av Pres. João Goulart em Osasco!
    Sabemos da importância da poda de árvores que apresentam risco de queda, porém estão cortando árvores distantes da rua. Temos que preservar este resto de mata que temos na nossa cidade. Por favor, me ajudem a manter pelo menos parte desse verde!
    337 de 400 Assinaturas
    Criado por Bárbara de Souza Picture
  • Pelo fim da destruição dos atrativos turísticos da Chapada Diamantina.
    Usando o correto manejo do Morro do Pai Inácio como exemplo para o manejo dos demais atrativos turísticos.
    33 de 100 Assinaturas
    Criado por Luiz Francisco Eduardo Jorge Krug
  • SOS Rio Tocantins: Ajude a denunciar esse crime ambiental
    Para que não seja afetada além do abastecimento de água das cidades, também a vida tanto humana como animal, bem como a biodiversidade e o meio ambiente ao longo do rio. E não seja afetada a economia local, como por exemplo, a geração de emprego e renda, a todos aqueles que precisam e necessitam do Rio Tocantins para sobreviver.
    1.720 de 2.000 Assinaturas
    Criado por Nilton Ferreira Barros Picture