• Proteja a Serra do Orobó
    As atividades de mineração podem contaminar as águas e mananciais e prejudicar a fauna e flora de toda a região da Serra do Orobó. A Serra tem grande importância e valor para toda a população que usufrui da área como lazer e esporte, para a região, por conta das nascentes e para a pesquisa, pois, segundo pesquisas da UFBA, possui espécies únicas. Este ecossistema precisa ser preservado e não precisa da exploração de minério. Existem outras formas de trazer benefícios econômicos através da preservação, como o turismo ecológico e esportes ligados a natureza, como o trekking.
    1.328 de 2.000 Assinaturas
    Criado por Vitor Pires Oliveira Picture
  • Não ao xisto!
    Para a proteção da fauna, flora e a cultura local.
    13 de 100 Assinaturas
    Criado por Carolina Grunow Picture
  • Queremos a saída de Ricardo Salles
    O Ministério do Meio ambiente, apesar de não ter se fundido com o Ministério da Agricultura, só existe no papel. De acordo com o blog Mar Sem Fim Ricardo Salles, o ministro, por enquanto conseguiu demonstrar ignorância, e arrogância. T Em menos de dois meses ficamos sabendo que ele nunca antes teve a curiosidade de conhecer a Amazônia; é preciso ‘ter o meio ambiente no sangue’ para tanta apatia, hein ministro? Ricardo ainda mostrou-se arrogante e deselegante ao frigir a Suely Araújo, ex-presidente do Ibama, pelo simples fato dela ter feito um belo trabalho na gestão Temer. E, mesmo com Brumadinho, ele continua a defender licenciamentos mais ágeis, e até mesmo o ‘auto- licenciamento’ de obras que ofereçam riscos. https://marsemfim.com.br/equipe-do-ministerio-do-meio-ambiente-decepciona/ Ricardo Salles é conhecido – pela justiça, no caso – com especialista em canetadas criativas. Como contamos há alguns dias, ele foi condenado por improbidade administrativa após adulterar um mapa para beneficiar mineradoras. Explica o Theintercept_ Brasil, que recentemente demonstrou que o Ministro mente, inclusive, com relação a sua formação educacional. https://theintercept.com/2019/02/23/ricardo-salles-yale-mentira/
    2.973 de 3.000 Assinaturas
    Criado por Dia do Basta
  • NÃO A CONSTRUÇÃO DA BARRAGEM NA CIDADE DE PEDREIRA-SP #BarragemNÃO
    ALTO RISCO PARA A POPULAÇÃO A barragem que será construída na cidade de Pedreira-SP está classificada como DANO POTENCIAL ALTO pela sua proximidade à cidade. Em uma escala que vai de 1 à 30, ela possui 27 pontos, quando o máximo indicado para a segurança mínima é 16 pontos, conforme classificação do CNRH (Conselho Nacional de Recursos Hídricos). Será construída a menos de 3 km da cidade, com mais de 50 metros de altura, referente a um prédio de 16 andares. Seu reservatório será capaz de inundar até 10 estádios de futebol, como o do Maracanã. Caso seja rompida, a água atingirá as casas em menos de 2 minutos. Além da fiscalização precária que temos hoje no Brasil ela também não possui um plano de segurança ou emergência. A ÁGUA IRÁ PARA PAULINIA A Barragem de Pedreira-SP servirá para abastecer a refinaria de Paulínia-SP (REPLAN) que está passando por uma modernização e capta 660 litros de água por segundo para produção de diesel e gasolina. SERÁ CONSTRUÍDA PELA OAS Cetenco A OAS é conhecida nos noticiários como uma empresa envolvida com muitos crimes políticos, como caixa 2 e pagamento de propina a políticos. IMPACTO NA NATUREZA O impacto ambiental é muito significativo. Na região da construção das barragens existem áreas de proteção ambiental que serão alagadas. Muitas espécies de plantas, árvores e animais que estão ameaçados de extinção e são vulneráveis ao desmatamento serão mortos. Sítios arqueológicos estão já estão sendo destruídos e muitas árvores centenárias já foram cortadas. Com essas mudanças nas águas feitas para um reservatório de água artificial vem o desequilíbrio ambiental que favorece o aumento de insetos que espalham doenças como dengue e zika vírus. VIDAS HUMANAS SERÃO ATINGIDAS Na cidade há grandes instalações comerciais e residenciais. Existem pessoas ocupando permanentemente as áreas que serão afetadas. De acordo com o artigo 8, inciso V da Lei de Política Nacional de Proteção e Defesa Civil, é vedada novas ocupações em áreas de alto risco, como as que ficarão abaixo da represa, ou seja, a maioria dos bairros de nossa cidade como Ricci, Vila São José, Barbim e centro, que serão os primeiros a serem atingidos. Dessa forma os imóveis serão desvalorizados e não poderão mais ser construídas novas casas na região, diminuindo assim o progresso da cidade. ALTERNATIVAS PARA A CRISE HÍDRICA Pedimos ao poder público responsável a priorização do combate: à poluição dos rios, à perda de água, a melhora no saneamento básico, o reflorestamento de matas ciliares e a recuperação das nascentes. Dessa forma em pouco tempo teremos mas água e com qualidade. #barragemNÃO A favor da Vida!
    1.646 de 2.000 Assinaturas
    Criado por Barragem NÃO! Pedreira-SP Picture
  • lei federal contra o desmatamento 2019/1
    contra a impunidade e corrupção dos exploradores que sempre são os mesmos
    19 de 100 Assinaturas
    Criado por Marcio Santos Picture
  • Bairro do Pinheiro zona vermelha
    Porque, diante da situação, a empresa responsável se colocou em processo de venda e de divisão de bens com seus proprietários, logo, o congelamento irá garantir a indenização parcial para os moradores do bairro afetado.
    4.038 de 5.000 Assinaturas
    Criado por Fred Dantas Picture
  • Conservação do Rio Pomba
    Porque o rio está morrendo e com ele nosso ecossistema, nossas vidas...
    180 de 200 Assinaturas
    Criado por Eliziel Ferreira
  • Não a mineração na Metade Sul!
    Somos cidadãos gaúchos e gaúchas conscientes e preocupados com a necessidade de preservação do Bioma Pampa como um todo, CONTRA toda e qualquer atividade de mineração e extração de CHUMBO, METAIS PESADOS e FOSFATO em nossa região. O Bioma Pampa está exclusivamente em território gaúcho. (PEC 05/2009) Zelar por ele cabe a cada um de nós. Tudo que somos, tudo que temos, devemos ao BIOMA PAMPA, á natureza. Honremos a memória e o esforço do nossos antepassados. Nossos rios, terras e principalmente nossas futuras gerações agradecem. Participe deste movimento de preservação do Bioma Pampa.
    93 de 100 Assinaturas
    Criado por Edison Luis Berchon Picture
  • Barragem de rejeitos da BAMIM AQUI NÃO
    Tudo isso gera desastre tanto para a fauna e flora local que é a mistura de cerrado com a caatinga, como também para os moradores da região que precisão e vivem da agricultura familiar e dependem da agua desse riacho que abastece a barragem de ceraima, imagine 430 hectares de terra coberto por rejeitos e o risco se um dia essa barragem estourar!!! essa barragem vai ser maior que a barragem de rejeitos de Marina e a de Brumadinho.
    13 de 100 Assinaturas
    Criado por Daniel Moraes
  • Que as empresas resgatem seu próprio lixo!
    Suporte para nossa vida na terra!
    3 de 100 Assinaturas
    Criado por Sandra Costa
  • Minas Gerais em perigo.
    É importante pela continuação da humanidade.
    2 de 100 Assinaturas
    Criado por João Carlos Nunes Silva Picture
  • VALE ASSASSINA. CHEGA DE LAMA
    Para impedir a repetição dos desastres ambientais de Mariana , Brumadinho e outros diante da incapacidade me envia de. Barragens se romperem cimo Congonhas e outras
    3 de 100 Assinaturas
    Criado por Wagner Nogueira França Baptista
← Anterior 1