• Defenda as Dunas da Sabiaguaba
    Regulação/Produção de gases Regulação da composição química atmosférica (balance de CO2/O2; níveis de SO2) através do bosque arbóreo. Produz gases nas fases de decomposição da matéria orgânica, produção de metano e demais compostos através das fases de oxidação e redução. Interfere na composição atmosférica através dos gases emitidos com a produção de matéria orgânica Controle biológico Regulação da dinâmica trófica de populações. Complexa cadeia alimentar com biodiversidade vinculada a mais de 200 espécies vegetais e demais componentes de fauna que promovem fluxos gênicos com os manguezais. Oscilações das marés, relações com os ecossistemas dunar, lacustres e áreas úmidas, com as sazonalidades climáticas, promovem um complexo ecossistema que regula a produtividade primária. Regulação do clima Ameniza as condições climáticas locais através das rajadas de vento associadas ao canal estuarino e o bosque de manguezal, influência no microclima, evapotranspiração e fotossíntese, evapotranspiração nos bosques de dunas fixas e manguezal. Influencia no albedo e promove a captura de dióxido de carbono. A cobertura vegetal evidencia as relações climáticas, pedológicas e disponibilidade de água nos sistemas ambientais. Suplemento de água Armazenamento e retenção da água (dinâmica dos aquíferos e reservatórios). Conjunto de aquíferos associados aos componentes morfológicos do sistema costeiro. Por meio das interconexões com os aquíferos dunar e tabuleiro litorâneo; regula as propriedades físico-químicas das áreas úmidas e do manguezal através dos níveis de salinidade e densidade entre os aquíferos. Disponível através de poços e quando o lençol freático aflora origina lagoas interdunares e no setor entre as dunas e o ecossistema manguezal. Proteção da costa contra extremos (climáticos, deslizamentos, enchentes) e regulação dos sistemas hídricos superficiais e subterrâneos Amortece o efeito do escoamento superficial e processos erosivos derivados das precipitações. Controla o aporte de água doce no aquífero e das enchentes, pois a composição granulométrica favorece a infiltração da água da chuva e a cobertura vegetal minimiza os efeitos erosivos do escoamento superficial. Promove volume de água para os fluxos hidrológicos integrados com a bacia hidrográfica e os demais ecossistemas estuarinos. Os eventos pluviométricos de elevada turbulência são amortecidos no setor das dunas fixas. Durante os eventos de estiagem controla a quantidade e da água disponível para o aquífero dunar (reserva estratégica de água doce). Os eventos pluviométricos de elevada turbulência são amortecidos e distribuídos sobre o bosque de mangue. Produção e distribuição de sedimentos areno-argilosos e dinâmica da cobertura vegetal. Fluxos de matéria e energia consumidos e dissipados através da relação com os demais componentes geoambientais e ecodinâmicos. Amortecimento das consequências previstas pelo aquecimento global O complexo dunar do Cocó atua como sistemas responsáveis pela manutenção das propriedades amortecedoras dos efeitos projetados pelo aumento da temperatura média e subida do nível do mar (erosão costeira, incremento dos extremos climáticos associados às precipitações pluviométricas, salinização do lençol freático e mudanças na dinâmica de produção e distribuição de nutrientes, entre outros). O volume de água doce do aquífero dunar atua como barreira ao processo de salinização dos aquíferos quando da possível entrada da cunha salina. Ciclagem de nutrientes Armazenamento, ciclagem interna, processamento e aquisição de nutrientes (fixação de N, P e outros elementos do ciclo de nutrientes). Os complexos dunar, áreas úmidas e estuarinos integram-se para a produção de nutrientes representando a base da biodiversidade local integrada com o estuário do rio Cocó. Polinização Movimento de gametas para a reprodução de populações. Os fluxos de matéria e energia proporcionam interconexões entre os ecossistemas proporcionando elevado potencial de produção e distribuição de pólens e plântulas (predominantemente pelos fluxos eólico, fluvial, fluviomarinho e deriva litorânea). As dunas fixas intervêm diretamente na definição dos corredores ecológicos entre o tabuleiro pré-litorâneo s e o estuário. Refúgio de vida silvestre Habitat para populações residentes e migratórias (acolhida de aves migratórias). Os complexos estuarinos estão associados à elevada diversidade de avifauna; suporte ecossistêmico para as aves migratórias. As dunas resguardam suporte ecológico para uma diversificada fauna com a elevada diversidade de flora. Produção primária e de alimento Conjunto de componentes ecológicos vinculados à produção de componentes bioquímicos para a produção e distribuição de nutrientes para uma diversificada fauna e flora. Parte da produção primária bruta transformada em matéria prima e alimento. Reações geoambientais e ecodinâmicas associadas à formação, disseminação e consumo (produção de matéria orgânica) dos bosques de dunas fixas, mangue e demais componentes florísticos existentes nos ecossistemas. Vínculos complexos com a produção pesqueira. Recursos genéticos Produção de materiais e produtos biológicos para medicina, material científico, obtenção de genes resistentes a pragas e espécies ornamentais. Usos tradicionais da fauna e flora. Atividades de pesquisa. Abordagem integrada evidenciando os complexos de dunas fixas, áreas úmidas e estuarinos. Resgate de usos tradicionais da fauna e flora.
    27.327 de 65.000 Assinaturas
    Criado por Daniel Silva de Paula
  • #SOS PRAIA DO SOL
    Toda flora e fauna serão afetadas, senão exterminadas. Como a avenida prevê aterramento com pedras sobre área de preamar e restinga, é possível que toda a faixa de areia seja eliminada e a praia não tenha mais área para banhistas. As residencias da praia serão radicalmente desvalorizadas, o comércio terá uma redução significativa do movimento, levando a praia do sol a se tornar um mero bairro sem possibilidade nenhuma de balneabilidade e, com isso, sem o turismo que movimenta a economia da região. Existem alternativas e precisamos que a prefeitura discuta com os moradores e turistas este projeto.
    146 de 200 Assinaturas
    Criado por Maikon Birnfeld
  • Salvar a APA de Campinas
    Preservação do meio ambiente da fauna e da flora local, além de impedir o crescimento desordenado na região
    24 de 100 Assinaturas
    Criado por Sandra Venancio Picture
  • As Três Praias precisa do Espírito Santo
    A preservação das matas do mar da fauna marinha está sendo ameaçada, o acesso das pessoas a praia já que será um condomínio privado. Asfalto e esgotos e a derrubada de matas nativas.
    9 de 100 Assinaturas
    Criado por Fabíola Cristina Peterle Lisboa
  • Emissário Submarino nem pensar - Florianópolis/SC
    Florianópolis precisa de uma revisão imediata da sua gestão do saneamento com foco em alternativas tecnológicas sustentáveis e descentralizadas e conclusão da concepção geral do sistema de esgotamento sanitário da cidade conforme diretrizes do Plano Municipal Integrado de Saneamento Básico e Plano diretor
    3 de 100 Assinaturas
    Criado por Carlos Apollaro Picture
  • Não a Usina Nuclear em Itacuruba
    A cidade já sofreu bastante com a mudança de local devido a barragem, muitos foram embora para outras áreas nos chamados projetos, não tiveram o apoio necessário do governo. Hoje a cidade tem menos de 5.000 habitantes, além dessa Usina Nuclear que traz riscos a população e toda a região corre o risco de ser rebaixada por conta de uma ideia do governo de acabar com municipios abaixo de 5.000 habitantes.
    8 de 100 Assinaturas
    Criado por Rilmar Cantarelli Feitosa
  • FORA CATTALINI
    Imbituba é o BERÇÁRIO DA BALEIA FRANCA e é rica em belezas naturais. Tem vocação para o turismo ecológico, de aventura e esportivo e tudo isso estaria comprometido com a ameaça de uma explosão. Esta empresa já tem histórico de explosões no Porto de Santos, Paranaguá e em navios. Um desastre aqui destruiria o meio ambiente e o centro comercial do município. A poluição do mar e do ar é coisa que o imbitubense já vivenciou com a ICC (Indústria Carboquímica Catarinense) e não quer mais para si.
    991 de 1.000 Assinaturas
    Criado por Marcia Martins da Silva
  • Pela abertura preservação das encostas da Lagoa de Santa Rosa do Sul Sombrio e passo de torres.
    Para proteger a fauna local e para manter um local adequado para os pescadores dessa região.
    4 de 100 Assinaturas
    Criado por Sandra Regina Picture
  • Meia Ponte Vivo!
    Como fotojornalista, tive o privilégio de conhecer a nascente do rio Meia Ponte, localizada no município de Itauçu Goias. É um lugar mágico onde, a harmonia e a vida plena se misturam, tudo graças ao trabalho de um delegado de polícia Dr Luziano de Carvalho Titular da DEMA (Delegacia Estadual de Meio Ambiente), o proprietário da Fazenda São Geraldo onde nasce o rio senhor Geraldo e poucos parceiros privados. Realizaram a recuperação e a manutenção da nascente do Meia Ponte. Todos os dias milhares de metros cúbicos de água pura seguem para a capital de Goiás Goiânia, mas quando o rio entra na cidade é brutalmente bombardeado por uma carga altíssima e insana de, esgotos domésticos, industriais e muito lixo.Causando a sua morte biológica! Deixando claro que a má gestão e falta de campanhas de conscientização ambiental, são os fatores principais que culminam na morte do rio no perímetro urbano da capital goiana! #Não vamos mais beber água de esgoto.
    6 de 100 Assinaturas
    Criado por João Faria Faria Picture
  • MACACOS - AUDITORIA EXTERNA INDEPENDENTE
    Com esta AUDITORIA, teremos elementos para discutir Verdades e procedimentos que nos estão sendo absolutamente omitidos. Não existe credibilidade alguma de nossa parte nos procedimentos da VALE, e não é por menos, vejam os indiciamentos dela. Justificando melhor o nosso objetivo principal é qque foi feita esta segunda versão de nosso video, peça fundamental desta nossa solicitação de ajuda. Abaixo, o link do video: https://youtu.be/O7_bU0RfRbM Aguardando contato.
    3 de 100 Assinaturas
    Criado por ARTICULAÇÃO DE CIDADÃOS EM DEFESA DE MACACOS NOVA LIMA MG
  • Parque do Limão Já!!
    No terreno mencionado há uma área onde se localizava a Associação Atlética Matarazzo que se encontra numa região que carece de opções de lazer, esporte, cultura e áreas verdes. Além de estar localizado em frente à ZEIS (Zona Especial de Interesse Social) Samaritá, que não tem uma oferta de lazer acessível quase inexistente, então o parque seria uma mudança extremamente positiva na vida dessas pessoas. Somado à isso o impacto no trânsito da região seria enorme, e a proximidade com a ponte do limão, uma das principais vias de saída da zona norte para o eixo centro, zona sul, zona oeste, que já sofre diariamente com forte tráfego iria prejudicar dezenas de milhares de pessoas que passam pela região diariamente, alem do impacto direto na vida dos moradores da região próxima, que já enfrenta uma saturação diária em trânsito. A destinação pretendida pretendida para este empreendimento é uma perda para a comunidade local, contra a cidade e contra o meio ambiente. Temos o dever de conservar esta área, o dever de preservar as áreas verdes existentes e não permitir a criação de uma monstruosidade desta. A Constituição Federal assegura que a propriedade deve cumprir sua função social. Então, reivindicar que essa área seja revertida para o uso comum da sociedade, para melhoria da qualidade de vida dos cidadãos e das futuras gerações eh um ato de cidadania ! Parque do Limão Já !!!
    610 de 800 Assinaturas
    Criado por Marisa Auxiliadora Rossetto
  • Lei da Compostagem
    Os resíduos orgânicos representam cerca de 50% de tudo que produzimos e descartamos. Se nós pensarmos em mandar nosso resíduo para composteira, pois só assim evitaremos que se misture tudo que vai para o aterro sanitário onde acontece o processo de fermentação natural que libera gases como metano, amônia e enxofre, responsáveis pelo mal cheiro. Se pensarmos em termos composteiras vamos acabar com este problema. Todos querem reciclar ... Mas precisamos entender que nosso resto de comida não é lixo. O nosso resíduo orgânico VOLTA COMO ADUBO. POR ISSO É TÃO IMPORTANTE A LEI DA COMPOSTAGEM EM FOZ DO IGUAÇU. PEÇO SUA AJUDA.. ASSINE! O NOSSO MEIO AMBIENTE PRECISA DA NOSSA COLABORAÇÃO. #COMPOSTAFOZ
    11 de 100 Assinaturas
    Criado por Composta Foz Picture