• stop the amazon fires
    https://www.youtube.com/watch?v=ZcpTItHy0t4
    2 de 100 Assinaturas
    Criado por jeanne adriaan
  • stop the amazon fires
    https://www.youtube.com/watch?v=ZcpTItHy0t4
    3 de 100 Assinaturas
    Criado por jeanne adriaan
  • PAREMOS NUEVOS ASENTAMIENTOS DE COLONOS Y DEFORESTACION EN LOS BOSQUES CHIQUITANOS
    El Bosque Seco Chiquitano es el bosque seco tropical más grande y aún mejor conservado de Sudamérica; y uno de los pocos que quedan en el mundo. Se encuentra casi en su totalidad en Bolivia, y la mayor parte, en Santa Cruz. Ubicado en una de las últimas regiones forestales tropicales secas no sólo de Bolivia, sino de toda la América del Sur, el bosque Chiquitano es valioso por su ecología única y por su importancia histórica y cultural. La ecorregión está habitada por alrededor de 180 000 personas, incluyendo las nacioneos indígenas representados por la Chiquitana y la Ayoreode, que suman unas 22 000 personas en 124 comunidades. En esta ecorregión existen tres áreas protegidas municipales que suman 410 000 ha y 40 620 ha de reservas privadas de patrimonio natural. El bosque ha sido clasificado como bosque seco chiquitano según el sistema Holdridge. Se han identificado alrededor de 115 especies de árboles con diámetro mayor a 1 dm . Las especies más abundantes: Acosmium cardenasii, Casearia gossypiosperma, Caesalpinia pluviosa, Neea cf. steinbachii, Machaerium acutifolium, Anadenanthera macrocarpa, Piptadenia viridiflora y Centrolobium microchaete. La diversidad de especies por hectárea es de 52. El dosel es bastante abierto, alcanza una altura de 18 m, con árboles emergentes de hasta 25 m de altura. La densidad de individuos con diámetro mayor a 1 dm es de 420 ha, y el área basal es de 18,3 m²/ha Las lianas son una forma de vida muy común en el bosque. Alrededor del 60 % de los árboles con diámetro mayor a 1 dm tiene algún grado de infestación de bejucos. El sotobosque es muy denso, con una gran abundancia de arbustos y lianas. Ciertas partes del sotobosque está dominado por una bromelia terrestre rizotomosa, Pseudoananas sagenarius, que puede formar manchas de hasta 1 ha de superficie. Otras bromelias son la Bromelia hieronymii La temperatura media anual es de 24,3 °C, pero puede bajar hasta 5 °C cuando llegan vientos fríos del sur durante la época seca. La precipitación media anual es de 1100 mm, con una época seca de mayo a octubre. Durante la época seca el 95 % de las especies del dosel pierden sus hojas. Es un patrimonio que debemos conservar para las futuras generaciones.
    1 de 100 Assinaturas
    Criado por Saúl Camacho Domínguez Picture
  • Projeto Cetem Educação Ambiental Reciclar é Legal
    Importante para a conscientização e preservação do meio ambiente, esse filme de raios-x contem prata entre outros, o que contamina o nosso solo, nossa água, e prejudica todo um ecossistema. Nos ajude a preservar e salvar o paraíso que temos hoje, nós somos responsáveis pelo futuro que teremos! Muitas pessoas descartam este filme incorretamente por falta de conhecimento, nos ajude seja um mobilizador, ajude a salvar o Meio Ambiente
    2 de 100 Assinaturas
    Criado por Gustavo Prado
  • Lutando pela Amazônia
    A Amazônia é conhecida como o "pulmão do mundo", sendo a principal vegetação mundial e contendo a maior biodiversidade em uma floresta tropical no mundo. Tal região é lar de cerca de 2,5 milhões de espécies de insetos, dezenas de milhares de plantas e cerca de 2 mil aves e mamíferos e só no Brasil há uma média entre de 96 mil e 128 mil espécies de invertebrados e um quilômetro quadrado da floresta amazônica pode conter cerca de 90 mil toneladas de métricas de plantas vivas. Necessitamos nos mobilizar e fazer uma grande manifestação em apoio a biodiversidade brasileira e do mundo;
    4 de 100 Assinaturas
    Criado por Lucas Herbet
  • desmatamento de mata atlântica na serra da ibiapaba
    Para a preservação de Mata Atlântica nas serras do Ceará, em especial na serra da Ibiapaba pois a mesma vem sofrendo agressões irreversíveis.
    46 de 100 Assinaturas
    Criado por SOS Ibiapaba Picture
  • remoção do lixão de igarapé açu
    Importante para manter a área saudável, preservando o meio ambiente e ao mesmo tempo mantendo o povo protegido das mazelas advindas do lixão exposto ao céu aberto sem nenhuma preocupação. Verdadeira imposição Imperialista.
    5 de 100 Assinaturas
    Criado por lucival santana da silva Picture
  • Saneamento básico é saúde preventiva
    Má qualidade da água, destino inadequado do lixo, má deposição de dejetos e ambientes poluídos são decorrências da falta de saneamento e fatores cruciais para proliferação de doenças. O crescimento populacional e industrial em áreas ilegais e mal planejadas também contribuem para a poluição hídrica e poluição de rios e fontes. Existem empresas e invasões que burlam a legislação e lançam resíduos industriais e domésticos nas águas sem, ou parcialmente, algum tratamento. Os lixões são grandes depósitos a céu aberto com alta probabilidade de contaminação do solo e infestação de doenças. Além disso, as chuvas contribuem para o carregamento do lixo para às cidades e para a contaminação da água. Estudos comprovam que o acesso ao saneamento básico melhora a saúde, evita doenças, mortes e amplia oportunidades econômicas e a produtividade.Todo brasileiro precisa alertar seus políticos e governantes sobre a urgência da implantação e manutenção de boas formas e tecnologias de saneamento básico.
    16 de 100 Assinaturas
    Criado por Marlene de Araujo
  • Agricultura sustentável urbana
    E importante por que as pessoas começa até um pensamento de alimentação mais saudável e trazer os nutrientes que falta na sua alimentação. Contribuindo não só para saúde mais para o bem estar e para a geração de emprego e limpeza desses locais e a cuidar da água e solo já que é através da sustentabilidade que iremos lutar por esse projeto
    26 de 100 Assinaturas
    Criado por Liandra Martini Picture
  • Proteja a Serra do Orobó
    As atividades de mineração podem contaminar as águas e mananciais e prejudicar a fauna e flora de toda a região da Serra do Orobó. A Serra tem grande importância e valor para toda a população que usufrui da área como lazer e esporte, para a região, por conta das nascentes e para a pesquisa, pois, segundo pesquisas da UFBA, possui espécies únicas. Este ecossistema precisa ser preservado e não precisa da exploração de minério. Existem outras formas de trazer benefícios econômicos através da preservação, como o turismo ecológico e esportes ligados a natureza, como o trekking.
    1.686 de 2.000 Assinaturas
    Criado por Vitor Pires Oliveira Picture
  • Não ao desmatamento no Parque dos Poderes!
    Tal vegetação desempenha inúmeros serviços ecossistêmicos e se essas ações continuarem haverá significativo impacto na fauna e flora local e na qualidade de vida dos habitantes dessa região. Além disso, refletirá em impacto econômico já que esta região da cidade é valorizada pela presença de vegetação nativa que confere conforto térmico aos moradores, valor aos imóveis da região, valor turístico (com a observação da vida silvestre) e valor social, pois se trata, também, de área de lazer aos cidadãos.
    11.557 de 15.000 Assinaturas
    Criado por Caio Áspet Picture
  • Não ao Centro Logístico em Paranapiacaba
    O Centro logístico ameaça uma área de proteção ambiental com importantíssimo valor histórico nacional, turístico, paisagístico e de serviços ambientais como provisão de águas para a Represa Billings, prevenção de doenças, sequestro de carbono, abrigo para espécies raras e/ou ameaçadas de extinção, etc. O progressivo aumento do tráfego de caminhões e carretas afetariam o turismo por colocar em risco ciclistas, visitantes em ônibus turísticos, espécies sensíveis aos metais pesados expelidos pelos escapamentos dos veículos e a qualidade ambiental. Tais impactos colocam em risco mais de 18 anos de estudos, desenvolvimento, geração de trabalho e renda, e aprimoramento do turismo na Vila Histórica de Paranapiacaba, tombada no âmbito municipal, estadual e federal, ou seja, potencial atrativo para pessoas de diversos municípios, estados, países, faixas-etárias e classes sociais. Assine e diga não ao Centro Logístico em Paranapiacaba! Fonte: SOS Paranapiacaba
    135 de 200 Assinaturas
    Criado por Raquel Arminda Picture
← Anterior 1 3 4 5 6