• Bugio - Sentinela viva
    Porque estão se extinguindo com essa epidemia. Mas acho que ainda temos tempo pois soube de um grupo aqui próximo, vivo. Mas é URGENTE porque estão próximos demais, também, do local onde outros morreram.
    142 de 200 Assinaturas
    Criado por Maria Lúcia Rocha
  • Castração é a solução!
    Diminui a população de animais de rua que sofrem com fome, falta de abrigo e maus tratos. Além do que propícia um maior controle da saúde pública. Outros benefícios são: Deixa os cães mais calmos e evita várias doenças, principalmente sexualmente transmissíveis, como o Tumor Venéreo Transmissível (TVT), além de outras como câncer de mama, ovários, útero e próstata e gravidez psicológica nas fêmeas. A castração também aumenta a expectativa de vida.
    54 de 100 Assinaturas
    Criado por Nayane Rocha
  • Não à Transposição das águas do Rio Itapanhaú
    O manguezal é o berço da vida marinha, muitos animais se alimentam e se reproduzem neste habitat que é rico em biodiversidade. A Transposição do Rio Itapanhaú pretende retirar 2,5 m3 de litros d' água por segundo (2.500 L) do rio levando ate a represa de biritiba mirim, e posteriormente ate a represa de taiaçupeba, aonde fica a estação de tratamento de água e de onde irá partir para abastecer o sistema alto Tietê. 8,5 km de adutora serão instaladas no meio da floresta e 8 bombas funcionando 24 horas por dia movidas a diesel. Serão investidos 91 milhões na obra. A reversão das águas do Itapanhaú pode causar um desequilíbrio ambiental relevante, acentuando os índices de salinidade da água nas áreas de manguezal e descompensando gravemente os ecossistemas locais e as pessoas que dependem diretamente destes ambientes íntegros. Além disso, é profundamente contraditório que se apropriem de um recurso tão importante da região, enquanto sistematicamente falta água nas casas bertioguenses. Nas audiências públicas sobre o tema, a população se manifestou contrária a reversão das águas do rio, mas não foi ouvida. Há alguns anos a população bertioguense recebe da sabesp serviços básicos, essenciais, que são o fornecimento de água e saneamento, de péssima qualidade. Parte relevante da cidade não é beneficiada com rede de esgotos, e em períodos de alta temporada e feriados falta água em diversos bairros, por vários dias seguidos. Ora, como viver sem o abastecimento de água? É mais um caso onde os lucros serão privatizados em benefício dos investidores da sabesp e os prejuízos serão socializados pela população local, pois se quer foi feito um estudo de impacto ambiental coeso. Não podemos aceitar que extirpem um recurso tão importante da cidade, como é nossa água, sem estudos adequados e sem garantias mínimas sobre nossa segurança socioambiental. NÃO A TRANSPOSIÇÃO DAS ÁGUAS DO RIO ITAPANHAÚ!
    7.144 de 8.000 Assinaturas
    Criado por Raphael Roberto Picture
  • Salve o rio Capibaribe!
    O Rio Capibaribe é um dos rios mais importante do nordeste brasileiro e está parcialmente poluído. O mesmo sofre com o descuido e a extração ilegal de areia. O rio recebe o esgoto de mais de dez municípios durante o curso de Santa Cruz do Capibaribe até o Recife. Essa mesma água mata a sede de seis em cada dez pernambucanos.
    37 de 100 Assinaturas
    Criado por Mailson de Oliveira
  • Fim das charretes e exploração aos animais na Cidade Imperial
    No início deste ano houve um plebiscito na Câmara dos Vereadores (Petrópolis - Rio De Janeiro) com o objetivo de decidir o destino das charretes e de seus condutores. A decisão não foi tomada na devida ocasião. Foi tema de proposta, a utilização de carros elétricos como forma de substituição dos animais. Também como uma opção para as famílias que dependem desta atividade para o seu sustento. O prefeito Bernardo Rossi recebeu em Março deste ano um termo de intenção assinado pelos condutores a favor desta substituição. O termo foi assinado por nove dos treze condutores. Experiências como está, ocorreram na Ilha de Paquetá também no Rio de Janeiro. Onde houve a substituição das charretes por carros elétricos para manter o turismo de uma forma que proteja os animais. Está previsto para esta semana na Câmara a votação que irá definir a extinção ou não do serviço de charretes na cidade de Petrópolis. Queremos uma cidade que não apenas fomente o turismo mas que apoie e seja referência no Direito dos Animais. Texto para reflexão: "Talvez chegue o dia em que o restante da criação animal venha a adquirir os direitos que jamais poderiam ter-lhe sido negados, a não ser pela mão da tirania. Os franceses já descobriram que o escuro da pele não é motivo para que um ser humano seja irremediavelmente abandonado aos caprichos de um torturador. É possível que algum dia se reconheça que o número de pernas, a vilosidade da pele ou a terminação do osso sacro são razões igualmente insuficientes para se abandonar um ser senciente ao mesmo destino. O que mais deveria traçar a linha intransponível? A faculdade da razão, ou, talvez, a capacidade da linguagem? Mas um cavalo ou um cão adultos são incomparavelmente mais racionais e comunicativos do que um bebê de um dia, uma semana, ou até mesmo um mês. Supondo, porém, que as coisas não fossem assim, que importância teria tal fato? A questão é ‘Eles são capazes da raciocinar?’, nem ‘São capazes de falar?’, mas, sim: ‘Eles são capazes de sofrer?’ ” Jeremy Betham (1748-1832) (In: BENTHAN, Jeremy, The Principles of Morals and Legislation, cap. XVII, I, nota ao par. 41978, Apud LEVAI, Laerte Fernando. Crueldade consentida – Crítica à razão antropocêntrica. Revista brasileira de direito ambiental, v. 1, n. 1, p. 171-190, 17 maio 2006, p. 175)
    322 de 400 Assinaturas
    Criado por Sintique Carvalho Picture
  • CF., Art. 207: Autonomia universitária e o uso desnecessário de animais no ensino.
    Diversos estudos comprovam que estudantes que utilizam métodos substitutivos ao uso de animais, desenvolvem um aprendizado tão ou mais efetivo que estudantes que aprendem fazendo uso de animais. Estudos comprovam também que estes alunos tornam-se profissionais tão ou mais qualificados que estudantes que aprendem fazendo uso de animais. É comprovado que o estresse provocado nos alunos, durante os procedimentos com animais vivos, podem prejudicar sua capacidade de aprendizagem, desviando sua atenção dos objetivos da prática. Além disso, a utilização de animais vivos tem o potencial de dessensibilizar o estudante, podendo fazê-lo perder o senso de reverência e respeito pela vida. Por outro lado, a utilização de métodos substitutivos condiz com a formação de profissionais mais sensíveis e humanitários. Senhores espero que voltem atrás, demonstrando serem acima de seus erros.
    128 de 200 Assinaturas
    Criado por DEBBY LITTLE Picture
  • Salvem as tartarugas da baía de Paraty
    Isso é importantíssimo para preservação da nossa fauna, flora e vida marinha, além de ser um habitat de tartarugas jovens. A praia do jurumirim é o único local da baia de Parati, onde se pode observar as tartarugas, em qualquer dia e hora do ano, pois ali tem as algas que as alimenta.
    1.253 de 2.000 Assinaturas
  • Liberte os jacarés-de-papo-amarelo de Barra Mansa
    O Jacaré de papo amarelo é um dos animais que há mais tempo vivem em nosso planeta, foram encontradas provas de que estes habitavam o rio Amazonas há mais de 20 milhões de anos atrás. Isto porque a espécie é muito cuidadosa, a fêmea coloca seus ovos debaixo da terra e fica atenta a tudo, para evitar que algum predador coma-os. Quando nascem, os filhotes ficam na boca da mãe, onde estão a salvo dos vários predadores que estão sempre por perto tentando pegar algum desprevenido. É a natureza fazendo seu papel magnificamente para a perpetuação da espécie. Entretanto, hoje em dia há criminosos que os capturam ainda novos para arrancar a pele que tem alto valor no mercado negro, fazendo assim com que a espécie se torne uma das espécies vulneráveis em nosso território. É difícil de entender porque uma espécie de suma importância aos ecossistemas brasileiros, em constante ameaça, receba autorização do Poder Público para comercialização legal e ainda mais sem absoluta nenhuma fiscalização nas atividades do criador, evidenciada pelo estado em que os animais ali se encontravam. Inconformados com a situação, um grupo de profissionais da área e ativistas estão fazendo de tudo para revigorar populações da espécie na natureza promovendo a liberdade destes jacaré, já conseguiram um local que possui condições ideais para abrigá-los durante o processo inicial a caminho da liberdade, onde poderão ser realizados os processos de quarentena, ambientação, introdução à vida livre e monitoramento pós soltura, porém os animais ainda se encontram no criadouro comercial devido à morosidade do processo e também não sabemos se o Poder Público financiará este projeto. Não podemos ignorar a chance destes 2000 animais viverem em liberdade, em seu habitat natural, para isto precisamos de sua assinatura. “O que eu faço é uma gota no meio de um oceano. Mas sem ela, o oceano será menor.” Madre Teresa de Calcutá
    5.816 de 6.000 Assinaturas
    Criado por Carolina Duenhas Picture
  • Salve os animais marinhos
    houve em 2011 um massacre contra golfinhos, fazendo com que a água de Dinamarca se avermelhasse, por conta do sangue deles; outro exemplo de massacre é na Noruega sendo o país que mais mata baleias no mundo; cada saquinho de lixo que jogam no mar é uma morte. Animais marítimos morrem todos os dias por causas humanas, temos que nos conscientizar.
    104 de 200 Assinaturas
    Criado por Deborah Rodrigues
  • Coca Cola deixe nossas cachoeiras viverem
    È importante que não nos tirem o direito à nossa cachoeira e a preservação da mesma. Que não desmatem, e nem construam ruas pela área onde fica a Cachoeira de Caxias no bairro da Taquara, isso seria o fim de nossa Cachoeira e também não desviem suas águas para fins industriais. O Brasil, ama a Coca Cola e os recebe de braços abertos. Por favor não nos destrua.
    82 de 100 Assinaturas
    Criado por Maria Antônia
  • Salve O Rio Jequitinhonha em Salto da Divisa-MG
    Pois assim estaríamos recuperando um ecossistema inteiro. Antes da barragem o Rio Jequitinhonha era tão lindo que até pessoas de outros países vinham o visitar, durante seu enchimento milhares de animais morreram e uma mata inteira foi afundada nas águas da destruição. Se os governantes tomassem as medidas necessárias teríamos um oasis como antes em Minas Gerais veríamos espécies que desapareceram da natureza que aqui existiam em abundância como o pássaro Catatau e o Tamanduá Bandeira, teríamos também nossa Mata Atlântica de volta e os pescadores e as lavadeiras teriam seu sustento de cada dia. POR FAVOR OLHEM PARA ESSA REGIÃO QUE SEMPRE FOI TÃO ESQUECIDA PELO PAÍS MAS QUE AGORA QUER TER SUA VOZ OUVIDA! ASSINE ESSA CAMPANHA, AJUDE O VELHO JEQUI!
    58 de 100 Assinaturas
    Criado por Salto da Divisa
  • Salvação da lagoa de Itaipu - Niterói - Rj
    Divulgação da PRINCIPAL petição! https://secure.avaaz.org/po/petition/Rodrigo_Neves_Prefeito_de_Niteroi_Pela_protecao_do_entorno_da_Lagoa_de_Itaipu_e_areas_adjacentes/edit/ Durante séculos, a lagoa de Itaipu (Região Oceânica de Niterói ‐ RJ) apresentava um ciclo natural de cheia e vazante. Na cheia, sua superfície chegava a 350 hectares (350 campos de futebol), quando o nível da água atingia 1,6 m acima do nível do mar. Na vazante, a lagoa tinha 150 hectares. O esvaziamento da lagoa era feito pelos pescadores, que escavavam um canal na faixa de areia entre a lagoa e o mar. Em 1979, uma construtora abriu o canal de Itaipu ligando‐a permanentemente ao mar. Com isso, a lagoa nunca mais encheu, permanecendo vazia o ano inteiro. O QUE VEM A SEGUIR CONFIGURA UM GOLPE. O espaço que era o leito da lagoa quando cheia é obviamente terra pública. Mas ele foi completamente dividido em lotes que foram em parte comercializados. Muitas pessoas incautas construíram suas casas dentre de brejos e sofrem com enchentes regulares. Para reverter os danos do golpe e retomar as terras públicas que possuem inestimável importância ambiental, cênica, cultural, social e pré‐histórica, em 2008 o Governo decretou a anexação das mesmas ao Parque Estadual da Serra da Tiririca, cumprindo uma decisão judicial e os anseios populares. Para reforçar a proteção, em 2010 baixou o Decreto nº 42.355 de 16 de Março de 2010 fixando o perímetro da Área de Preservação Permanente (APP) no entorno da Lagoa de Itaipu, chamando‐a de Faixa Marginal de Proteção (FMP). O decreto de 2008 foi questionado na justiça e aguarda decisão final do plenário do STF. O segundo foi validado por decisão recente do Tribunal de Justiça, não cabendo contestação. As empresas pretendem finalizar o golpe iniciado em 1979, retirando terras do Parque Estadual da Serra da Tiririca para construir 210 prédios destinados a 28 mil moradores. Valem‐se de um emaranhado de títulos de propriedade suspeitos, de ações governamentais e jurídicas duvidosas, de decisões judiciais equivocadas e de um solene desrespeito a diversos outros instrumentos legais de proteção do local. PETIÇÃO PRINCIPAL : (meta 5 mil assinaturas ) https://secure.avaaz.org/po/petition/Rodrigo_Neves_Prefeito_de_Niteroi_Pela_protecao_do_entorno_da_Lagoa_de_Itaipu_e_areas_adjacentes/edit/
    59 de 100 Assinaturas
    Criado por Pedro Lima