• Pela abertura preservação das encostas da Lagoa de Santa Rosa do Sul Sombrio e passo de torres.
    Para proteger a fauna local e para manter um local adequado para os pescadores dessa região.
    4 de 100 Assinaturas
    Criado por Sandra Regina Picture
  • Desmatamento não, floresta sim.
    O que será das futuras gerações se às florestas tropicais forem destruídas.
    3 de 100 Assinaturas
    Criado por Ivan Nascimento
  • As lágrimas das praias do nordeste hoje são negras.
    Para que haja uma mobilização conjunta da sociedade, ganhando visibilidade e relevância. Com o objetivo de minimizar o prejuízo ambiental, econômico e social causado.
    2 de 100 Assinaturas
    Criado por Caroline Florencio bomfim
  • rodeio nao
    isso e importantante por que são vidas que estão correndo risco, a do animal que e torturado e morto dentro de uma arena de rodeio e a do peão,os organizadores de festas de rodeio não estão nem ai com a vida do animal ou do peão,poriço que e muito importante.
    4 de 100 Assinaturas
    Criado por Josuemagno Deoliveira Magno Picture
  • Meia Ponte Vivo!
    Como fotojornalista, tive o privilégio de conhecer a nascente do rio Meia Ponte, localizada no município de Itauçu Goias. É um lugar mágico onde, a harmonia e a vida plena se misturam, tudo graças ao trabalho de um delegado de polícia Dr Luziano de Carvalho Titular da DEMA (Delegacia Estadual de Meio Ambiente), o proprietário da Fazenda São Geraldo onde nasce o rio senhor Geraldo e poucos parceiros privados. Realizaram a recuperação e a manutenção da nascente do Meia Ponte. Todos os dias milhares de metros cúbicos de água pura seguem para a capital de Goiás Goiânia, mas quando o rio entra na cidade é brutalmente bombardeado por uma carga altíssima e insana de, esgotos domésticos, industriais e muito lixo.Causando a sua morte biológica! Deixando claro que a má gestão e falta de campanhas de conscientização ambiental, são os fatores principais que culminam na morte do rio no perímetro urbano da capital goiana! #Não vamos mais beber água de esgoto.
    8 de 100 Assinaturas
    Criado por João Faria Faria Picture
  • Parem o Corte de Arvores
    O Aquecimento Global é real e todos temos que fazer nossa parte, plante arvores ao invés de corta-las, economize água, não coloque fogo em mato, recicle o lixo. A Natureza agradece e suas futuras gerações também..
    6 de 100 Assinaturas
    Criado por Dolce Amore Picture
  • Praias Limpa Aracati
    O lixo deixado nas praias causa um impacto direto no ecossistema local.
    4 de 100 Assinaturas
    Criado por Jaime Teixeira
  • AJUDE O LITORAL BRASILEIRO
    O Brasil depende do comércio, indústria e alimentação de pescado e frutos-do-mar. O turismo perderá rentabilidade e aumentará o desemprego em massa. A água que poderia ser potável, deixará de existir para os brasileiros.
    16 de 100 Assinaturas
    Criado por Maria Paula Picture
  • 5 de 100 Assinaturas
    Criado por Nathaly Faria Picture
  • O futuro do transporte é zero em carbono
    Mais caminhadas Caminhar está conosco desde que os humanos aprenderam a ... você entendeu a idéia. E, ainda assim, existem algumas maneiras melhores de se locomover. As cidades estão finalmente acordando para caminhar. As zonas livres de carros e as áreas para pedestres transformaram os distritos comerciais e os centros das cidades de Nova York a York. Londres planeja se tornar a "cidade mais caminhável do mundo", melhorando as sinalizações e reconfigurando as passagens para pedestres, para proporcionar às pessoas esperas mais curtas e tempos de travessia mais longos quando atravessam a rua. Andar a pé não é para todos o tempo todo. Mas, ao tornar a caminhada mais atraente e fácil, as cidades podem reduzir o congestionamento, melhorar a qualidade do ar e incentivar mais atividades na vida das pessoas. Muitas viagens que fazemos são inferiores a 3,2 km. 42% das pessoas concordaram que poderiam andar tão facilmente quanto conduzi-los. Há muito potencial para caminhar! Mais ciclismo Andar de bicicleta é ótimo para cidades e pessoas que moram lá. As bicicletas são o "veículo de emissão zero" original, de modo que mais pessoas pedalam ajuda as cidades a responder às crises gêmeas de poluição do ar e à quebra do clima. As cidades estão aumentando drasticamente o número de pessoas que pedalam, separando-as com segurança de outro tráfego rodoviário. Em Copenhague, 62% das pessoas passam de bicicleta para o local de trabalho ou estudo. Mais mobilidade eletrônica Em todo o mundo, empresas como Lime, Bird ou Jump by Uber estão lançando milhares de scooters e bicicletas elétricas que são pagas por pedalada por meio de um aplicativo móvel. Esses serviços são potencialmente boas notícias para as cidades, pois facilitam o acesso das pessoas ao transporte público. Existem advertências embora. Esses sistemas precisam ser construídos para durar, com mecanismos fáceis e de baixa energia para manter as baterias carregadas. E, acima de tudo, eles precisam operar no interesse público - integrando-se aos sistemas de transporte público sem sujar as ruas ou colocar em risco o público. Transporte público mais renovável Trens, ônibus, balsas, bondes - essas são as espinhas dorsais do transporte urbano. Um ônibus pode transportar muito mais pessoas do que um carro, o que significa que pode transportar muito mais pessoas pela cidade. Menos carros Hoje existem carros em todas as cidades. Mas, à medida que avançamos em direção a transportes mais sustentáveis, isso precisa mudar. Menos carros beneficiarão maciçamente o bem-estar humano e a qualidade do ar. E também liberará espaço. Cargas disso. O estacionamento ocupa 517 km² de Los Angeles. É o suficiente para caber em uma cidade do tamanho de Cingapura. Imagine o que poderíamos fazer sem estacionamentos; poderíamos construir mais espaços verdes, mais lojas, mais restaurantes. As escolhas são infinitas. Mas os carros não desaparecem. Vamos precisar deles para algumas viagens - principalmente aqueles com necessidades adicionais. Para estes, serão necessários clubes de carros; carros que alugamos por minuto e compartilhamos com todos. Esses carros serão elétricos e pequenos, para garantir que eles usem energia em vez de consumi-la. E eles podem ser autônomos, se você quiser, com certeza.
    2 de 100 Assinaturas
    Criado por Slava Digriz Picture
  • Queimar árvores sufoca todos nós!
    Garantir a qualidade de vida em áreas rurais e urbanas.
    2 de 100 Assinaturas
    Criado por Junior Cristovam Picture
  • Abelhas e os agrotóxicos- Projeto hivefive
    Segundo o site SemAbelhaSemAlimento , as abelhas são responsáveis pela polinização de 70% das culturas agrícolas existentes. Sem as abelhas, tanto a renovação das matas e florestas, como a produção mundial de frutas e grãos ficariam comprometidas. O equilíbrio dos ecossistemas e da biodiversidade sofreria um sério impacto, o que afetaria diretamente o ser humano de diversas maneiras. O físico e prêmio Nobel alemão Albert Einstein exercitou o pensamento de como seria um mundo sem abelhas, e sintetizou um pensamento que se mostra um dos mais sábios: “Se as abelhas desaparecerem da face da Terra, a humanidade terá apenas mais quatro anos de existência. Sem abelhas não há polinização, não há reprodução da flora, sem flora não há animais, sem animais, não haverá raça humana.” Albert Einstein (1879/1955) Dessa forma, nós pedimos a sua colaboração e a de sua empresa para que consigamos colocar o Hive Five em pratica, pois ele tenta aumentar a sustentabilidade do planeta e resolver um problema de escala mundial de forma simples e eficaz. Atenciosamente, Equipe (Halo)gênios
    212 de 300 Assinaturas
    Criado por Camila Guerra