• Não ao consumo de Cação!
    Apesar de serem animais comumente temidos, os tubarões são praticamente inofensivos aos seres humanos - para se ter uma ideia, a probabilidade de uma pessoa sofrer um ataque de tubarão no mundo todo é de 1/300 milhões, enquanto a probabilidade de ser atingido por um raio no Brasil é de 1/1 milhão (dados coletados pelo Aquário Marinho do Rio de Janeiro - AquaRio). Essa baixa probabilidade se deve ao fato de que a carne humana não faz parte da dieta dos tubarões - os pouquíssimos ataques que acontecem por ano são frutos de acidentes causados, na maioria das vezes, quando algum ser humano invade ou perturba o habitat natural do bicho. Além de inofensivos, os tubarões são extremamente importantes para o nosso ecossistema marinho: têm o papel de manter o equilíbrio numérico entre as espécies, além de ajudarem a alimentar os urubus com os restos de suas presas e delimitarem os espaços de cada bicho no mundo aquático. "Um quarto das espécies de tubarões estão ameaçadas de extinção e, de acordo com a organização Oceana, que realiza projetos de proteção à vida marinha, 100 milhões desses animais são mortos pelo homem todos os anos." - Carol Casto para a Revista Galileu em 14 Novembro de 2017. Algo que contribui para esse consumo insustentável dos tubarões é o fato de que boa parte da população brasileira não sabe que o que é vendido nos mercados e peixarias com o nome de "cação" nada mais é do que carne de tubarão das mais variadas espécies. O primeiro passo para acabar com a sobrepesca cruel dos tubarões é conscientizar a população e incentivá-la a não consumir carne de cação, optando por outros peixes como o peixe-rei, a sardinha e peixes de rio, como truta e linguado. O passo seguinte é pressionar as autoridades do Ministério do Meio Ambiente para que criem leis que controlem melhor a pesca desses animais, proibindo completamente a pesca de espécies mais ameaçadas de extinção e tornando sustentável a pesca de espécies que têm mais facilidade em se reproduzir.
    194 de 200 Assinaturas
    Criado por Martina Zardo Picture
  • Vídeos violentos na Internet
    Porque se não for possível publicar não terá quem faça animais brigarem para fins lucrativos
    31 de 100 Assinaturas
    Criado por Alex Kelven
  • Esgoto na praia, não! #INCORRETO
    Confira o projeto: https://www.youtube.com/watch?v=2feHofaz_UM A praia do porto da Barra é sem dúvida uma das mais belas do Brasil, mas existe algo que incomoda todos que frequentam a área, além da quantidade de lixo temos que conviver com o frequente escoamento de esgoto pluvial que polui a praia, deixa um terrível mal cheiro, prejudica os trabalhadores e sinceramente envergonha a população que tem motivos de sobra para terem orgulho de nossa praia. Não podemos negar que o local vem melhorando muito ao longo dos últimos anos, como o policiamento reforçado, lixeiras subterrâneas, preferência para pedestres e melhoria na acessibilidade. O ideal seria a construção de galerias de águas pluviais. Esse problema também se encontra em vários pontos da orla de Salvador, enfim, temos que resolver isso e vamos! Escola de Belas Artes - UFBA Intervenção artística #incorreto
    28 de 100 Assinaturas
    Criado por Amanda Pacífico
  • Salve os Aqüíferos !
    A agua é a nossa fonte de vida, imagine um mundo sem agua?
    17 de 100 Assinaturas
    Criado por hellen brito
  • Pelo Fim dos Canudinhos de plástico em Belo Horizonte
    Aparentemente inofensivo, o canudinho virou uma praga ambiental, assim como outros resíduos plásticos. Só nos Estados Unidos, por exemplo, são usadas 500 milhões de unidades por dia e no Reino Unido, mais 100 milhões. E assim como outros detritos, canudos acabam no mar, engolidos por animais, que, muitas vezes, morrem sufocados com eles. A cada ano, 1 milhão de aves marinhas e 100 mil mamíferos e tartarugas perdem a vida ao se enroscarem ou ingerirem plástico. Feito geralmente de poliestireno ou polipropileno, o canudinho pode ser reciclado, mas como é muito pequeno e leve, assim como tampas de garrafa, frequentemente é descartado no lixo. Sua vida útil é estimada em 4 minutos. Isso mesmo, 4 minutos! E ele leva aproximadamente 400 anos para se decompor na natureza. Atualmente 90% da poluição marinha é plástica. Vamos salvar a vida marinha!
    1.640 de 2.000 Assinaturas
    Criado por Laura Xavier Picture
  • Projeto de Implantação da Agenda Ecológica na Escola Estadual Maria Amália de Magalhães Turner
    A natureza e o homem devem viver em harmonia e equilíbrio, com isso, precisamos ensinar a comunidade escolar ( Alunos, professores , Direção, Pais ou Responsáveis ) os fatores fundamentais da vida e o ambiente sustentável através da Educação Ambiental, fazendo com que a comunidade escolar se envolva no projeto, transformando e melhorando o ambiente em que vive.
    14 de 100 Assinaturas
    Criado por Fabricio Pacheco Picture
  • Guaratinguetá rumo aos 400 anos!! Desafio dos ODS pela qualidade de vida!!
    Como instrumento de aplicação das políticas públicas a médio e longo prazo buscando tornar o município exemplo em gestão geradora do bem estar social e da qualidade de vida com sustentabilidade!
    55 de 100 Assinaturas
    Criado por Humberto Alckmin Picture
  • Educação Ambiental para Todos!
    A educação ambiental é fundamental para uma conscientização das pessoas em relação ao mundo em que vivem para que possam ter cada vez mais qualidade de vida sem desrespeitar o meio ambiente. O maior objetivo é tentar criar uma nova mentalidade com relação a como usufruir dos recursos oferecidos pela natureza, criando assim um novo modelo de comportamento, buscando um equilíbrio entre o homem e o ambiente. Em um mundo bastante conturbado, no qual vivemos atualmente, em virtude de como o homem vem utilizando os recursos naturais de forma inadequada se faz necessário uma conscientização ambiental, sobretudo por parte dos educadores, já que eles têm grande responsabilidade na formação cidadã de seus alunos, sendo importante que estes possam tomar entendimento acerca do que acontece e o que podem fazer para preservar o meio ambiente, e disseminem tal conhecimento para sociedade. fonte: Carolina Salles. O Projeto Escola do Greenpeace Brasil é um exemplo de sucesso na troca de conhecimento sobre as causas e coisas ambientais. O Projeto Escola já está educando os futuros cidadãos do Brasil.
    289 de 300 Assinaturas
    Criado por Alexandre Aparecido dos Santos Picture
  • Não ao assassinato dos macacos, vítimas da Febre Amarela
    Porquê diversas espécies de macacos estão sendo dizimadas por ignorância alheia, incluindo espécies ameaçadas de extinção através de, principalmente, envenenamento e pancadas.
    29 de 100 Assinaturas
    Criado por Samara Tortieri Picture
  • Salve a Ilha do Mel
    Veremos a destruição da remanescente "Mata Atlântica", posto que somente o progresso financeiro está sendo levado em conta . E o projeto passará por 5 milhões de metros quadrados da "Mata Atlãntica" e se intalará mais um porto a 3 Km da "Ilha do Mel"...
    94 de 100 Assinaturas
    Criado por Anderson Menegolo
  • Não matem os macacos
    A preservação desse animal ajuda no equilíbrio do ecossistema de minha região. Esses animais também servem de alerta para a população sobre a presença do vírus da febre amarela. Quando morrem de febre amarela, podemos estar certos da presença do vírus na região, mas se são esterminados não poderemos ter a certeza da presença desse vírus.
    22 de 100 Assinaturas
    Criado por Conceição Acioli Picture
  • Salvem os Macacos!
    Espécies como o Mico-leão-dourado considerado símbolo Nacional, ameaçado de extinção e Sagui da Serra, estão sendo mortas por pessoas sem informação. Os macacos protegem os seres humanos de outras doenças que poderiam surgir na falta deles, além de facilitarem a detecção do vírus, servindo como um "localizador" para incidências do contágio em determinadas regiões. Violar direitos é crime: "Assim, será um crime ambiental todo e qualquer dano ou prejuízo causado aos elementos que compõem o ambiente: flora, fauna, recursos naturais e o patrimônio cultural". Todo crime é passível de pena, neste caso regulamentado pela Lei nº 9.605 de 12 de fevereiro de 1998(Lei de Crimes Ambientais).
    32 de 100 Assinaturas
    Criado por Luana Diwie Thomaz Picture