Skip to main content

Para: Senado federal

Estrada em Parque nacional NÃO!

Estrada em Parque nacional NÃO!

Parque Nacional do Iguaçu e o maior fragmento de Mata Atlântica, as consequências dessa estrada serão devastadoras para a fauna e flora desse bioma já tao degradado.

Por que isso é importante?

De todo área original de Mata Atlântica apenas 8,5% resta hoje, o Parque Nacional do Iguaçu e o maior fragmento desse Bioma, criado em 1939 esse parque protege uma riquíssima biodiversidade das quais algumas ameaçadas de extinção como a onça-pintada, puma, jacaré-do-papo-amarelo, harpia, peroba-rosa, araucária, além de muitas outras especies de revelante interesse biológico e cientifico. "Essa expressiva variabilidade biológica somada à paisagem singular de rara beleza cênica das Cataratas do Iguaçu, fizeram do Parque Nacional do Iguaçu a primeira Unidade de Conservação do Brasil a ser instituída como Sítio do Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO, no ano de 1986." A estrada conhecida como "Estrada do Colono" e uma rodovia que liga a cidade de Serranópolis do Iguaçu a Capanema, ela corta ao meio o Parque Nacional do Iguaçu, os danos da Fragmentação de Habitat e conhecido por qualquer estudioso da área ambiental, alem de diminuir a área total original causa o aumento considerável do conhecido "efeito de borda" onde se muda toda diversidade de especies de uma areá, os efeitos disso no ecossistema e inestimável, a ação se potencializa quando se leva em conta que a estrada corta o parque literalmente ao meio, criado dois fragmentos distintos. Em 2003 depois de muita pressão de ambientalistas a estrada foi fechada definitivamente, porem agora em 2019 as discussões foram reabertas, audiências publicas foram feitas nas cidades da região, porem nesses debates nem um especialista ambiental foi convidado, somente políticos levando em consideração o possível "desenvolvimento econômico" da região, tendo como principal argumento o fato do fechamento da estrada aumenta a distancia entre ambas as cidades, sem nem mesmo um estudo do impacto ambiental que a reabertura causaria no parque. Outro fato aumenta a preocupação, hoje no Brasil por lei as chamadas "estrada parques" são proibidas já que no inciso III do Art. 225 da constituição federal "proíbe a alteração e supressão dos espaços territoriais especialmente protegidos, salvo por meio de lei, bem como a sua utilização de modo a comprometer a integridade de seus atributos", ou seja, uma mudança na lei para a criação dessas estradas devera acontecer, o que abre espaço para criações iguais em outras áreas de preservação em todo território nacional. Em ressalva ainda coloco em consideração um das principais riscos a fauna brasileira, a caça ilegal, com uma estrada dando acesso ao interior do parque me parece obvio que sera de fato bastante benéfica para os caçadores se aventurarem ainda mais dentro da área de conservação. Lembrando que todos os argumentos a favor da reabertura se torna incrivelmente rasos dentro do risco a esse bioma já tao degrado, a cidade de Capanema não ficou de forma alguma isolada, tendo outros acessos para o resto do estado. Cabe a pergunta: o ganho Econômico vale o risco a biodiversidade do local?

85880000

Maps © Stamen; Data © OSM and contributors, ODbL

Atualizações

2019-10-05 19:14:14 -0300

25assinaturas alcançadas

2019-09-22 23:14:02 -0300

10assinaturas alcançadas