Para: Prefeito Bernardo Rossi, Vereadores e aos turistas.

Fim das charretes e exploração aos animais na Cidade Imperial

Fim das charretes e exploração aos animais na Cidade Imperial

A utilização das charretes em Petrópolis é uma tradição que vem desde a década de 1940. Essa prática faz o uso da exploração financeira dos cavalos para favorecer o turismo na região. Situações de descaso e sofrimento desses animais não são novidades em nossa cidade. Recentemente, presenciamos cenas lamentáveis quando um cavalo caiu no meio da rua por fortes dores, constatadas posteriormente que o motivo foi causado por problemas renais, resultado de uma desidratação prolongada. Além disso, o animal estava visivelmente desnutrido. Situações como está não são exclusivas apenas deste animal. Outro caso como este, envolveu um cavalo que caiu durante um passeio turístico e sem conseguir se levantar novamente, quase foi enforcado pelas cordas que o prendiam. Os pedestres que passam pelo centro histórico conseguem notar a realidade desses animais, que passam boa parte do dia em frente ao Museu Imperial a espera de turistas. (Além do fato, de que alguns animais não tem o devido cuidado necessário, levaremos em consideração que a nossa cidade não é estruturada para estes animais que convivem junto com os carros e ônibus, fora de seu hábitat.)*

Por que isso é importante?

No início deste ano houve um plebiscito na Câmara dos Vereadores (Petrópolis - Rio De Janeiro) com o objetivo de decidir o destino das charretes e de seus condutores. A decisão não foi tomada na devida ocasião. Foi tema de proposta, a utilização de carros elétricos como forma de substituição dos animais.
Também como uma opção para as famílias que dependem desta atividade para o seu sustento.
O prefeito Bernardo Rossi recebeu em Março deste ano um termo de intenção assinado pelos condutores a favor desta substituição. O termo foi assinado por nove dos treze condutores.
Experiências como está, ocorreram na Ilha de Paquetá também no Rio de Janeiro.
Onde houve a substituição das charretes por carros elétricos para manter o turismo de uma forma que proteja os animais.
Está previsto para esta semana na Câmara a votação que irá definir a extinção ou não do serviço de charretes na cidade de Petrópolis. Queremos uma cidade que não apenas fomente o turismo mas que apoie e seja referência no Direito dos Animais.

Texto para reflexão:
"Talvez chegue o dia em que o restante da criação animal venha a adquirir os
direitos que jamais poderiam ter-lhe sido negados, a não ser pela mão da
tirania. Os franceses já descobriram que o escuro da pele não é motivo para
que um ser humano seja irremediavelmente abandonado aos caprichos de um
torturador. É possível que algum dia se reconheça que o número de pernas, a
vilosidade da pele ou a terminação do osso sacro são razões igualmente
insuficientes para se abandonar um ser senciente ao mesmo destino. O que mais
deveria traçar a linha intransponível? A faculdade da razão, ou, talvez, a
capacidade da linguagem? Mas um cavalo ou um cão adultos são
incomparavelmente mais racionais e comunicativos do que um bebê de um dia,
uma semana, ou até mesmo um mês. Supondo, porém, que as coisas não fossem
assim, que importância teria tal fato? A questão é ‘Eles são capazes da
raciocinar?’, nem ‘São capazes de falar?’, mas, sim: ‘Eles são capazes de
sofrer?’ ” Jeremy Betham (1748-1832)

(In: BENTHAN, Jeremy, The Principles of Morals and Legislation, cap. XVII, I, nota ao par. 41978, Apud LEVAI, Laerte Fernando. Crueldade consentida – Crítica à razão antropocêntrica. Revista brasileira de direito ambiental, v. 1, n. 1, p. 171-190, 17 maio 2006, p. 175)

Petrópolis - RJ, Brasil

Maps © Stamen; Data © OSM and contributors, ODbL

Categorias


Motivos para assinar

  • O fim da tração animal.
  • Respeitar, honrar, proteger e amar TODA FORMA DE VIDA! Somos todos um, somos todos filhos da Terra.
  • É um absurdo essa exploração com animais indefesos!!!!!

Atualizações

2018-01-12 16:31:33 -0200

100assinaturas alcançadas

2017-12-07 00:25:29 -0200

50assinaturas alcançadas

2017-12-04 13:54:41 -0200

25assinaturas alcançadas

2017-12-03 22:47:01 -0200

10assinaturas alcançadas