Skip to main content

Para: Pessoas e representantes políticos

Pelo fim dos poluentes nos oceanos

Pelo fim dos poluentes nos oceanos

Um vazamento de petróleo cru se espalha por 8 dos 9 Estados do Nordeste. O poluente foi identificado em uma faixa de mais de 2 mil quilômetros da costa brasileira. Já se espalhou pelos estados do Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas e Sergipe.

Nas últimas três décadas as águas marinhas ingressaram em um intenso processo de poluição, os níveis se elevaram de tal forma que os oceanos e mares já não conseguem se regenerar.

As águas dos oceanos e mares são contaminadas e poluídas, principalmente, pelos dejetos introduzidos pelos rios que, em sua maioria, deságuam no litoral, desse modo, a poluição pode ser emitida em grandes distâncias, porém seus reflexos são percebidos em áreas costeiras.

A poluição oceânica é oriunda principalmente de esgotos e produtos químicos e tóxicos, além do petróleo, que provocam sérios prejuízos à fauna e microfauna, como plânctons, e também ao homem.

Todos os dias os oceanos e mares recebem milhões de toneladas de substâncias poluentes, dejetos vindos de áreas centrais carregados pela água dos rios.
É grande o número de agentes poluidores das águas marinhas, como o esgoto doméstico, industrial, resíduos agrotóxicos, sem contar os lixos sólidos das mais variadas formas, como pneus, garrafas de refrigerante, latas e muitos outros tipos de materiais, que aos poucos são dispersos pelo oceano.

Por que isso é importante?

Uma vez que são lançados poluentes no litoral, principalmente resíduos químicos (petróleo, cloro, mercúrio, cromo e chumbo) que contaminam todo o ambiente, dessa forma, os alimentos dos peixes, por exemplo, ficam infectados e transmitem para os animais que, posteriormente, servirão de alimentos aos seres humanos, que também poderão contrair alguns males.

41% de toda área marinha já sofreu impactos, atingindo variados ecossistemas marinhos, como recifes de corais, colônias de algas, plataformas continentais e oceanos profundos.

Atualizações

2019-10-21 14:42:32 -0300

10assinaturas alcançadas